5 eventos ao vivo

Copa SP: com protestos, São Paulo vacila na estreia e empata com Kashiwa

3 jan 2014
22h59
atualizado em 4/1/2014 às 12h31
  • separator
  • comentários

Em noite marcada por protestos visando o time principal do São Paulo nas arquibancadas da Arena Barueri, a equipe de juniores vacilou na estreia da Copa São Paulo, principal competição envolvendo categorias de base no Brasil. Diante do Kashiwa Reysol, do Japão, o time dominou o confronto, mas cedeu empate e terminou com 1 a 1, pelo Grupo W.

Kashiwa surpreendeu São Paulo em Barueri e arrancou empate
Kashiwa surpreendeu São Paulo em Barueri e arrancou empate
Foto: Miguel Schincariol / Gazeta Press

Com o resultado, o São Paulo fica na segunda colocação, empatado com o time japonês – que joga a competição pela primeira vez, a convite dos organizadores – e atrás do Auto Esporte, que mais cedo fez 1 a 0 no Barueri e assumiu a liderança.

Apesar do tropeço, o descontentamento maior do torcedor presente na Arena Barueri foi com o presidente Juvenal Juvêncio e sua diretoria. Durante o confronto, em diversos momentos torcedores gritaram “queremos jogador”, em referência às poucas contratações para a temporada 2014, e ainda homenagearam o técnico Muricy Ramalho.

Os juniores tiveram atuação melhor que a do rival: a equipe japonesa teve momentos com erros incríveis, como passes e domínios de bola errados. Porém, o gol só saiu em jogada de bola parada. Aos 40min do primeiro, Boschilia, destaque do time, acertou cobrança de falta no ângulo direito e fez o primeiro gol.

Ainda no primeiro tempo, o Kashiwa acertou a trave, aos 45min, em troca de passes e finalização rasteira de Nakayama. No segundo tempo, o São Paulo foi surpreendido aos 14min. Acabou envolvido em triangulação no ataque que culminou em cruzamento rasteiro para Oshima, na pequena área e de frente para o gol vazio, empatar o jogo.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade