0

FPF irrita Leão ao tirar Lucas de clássico contra Palmeiras

17 fev 2012
20h40
atualizado às 21h20

O meia-atacante Lucas até considerou a possibilidade de a diretoria do São Paulo e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fazerem um acordo para que ele pudesse estar em campo no clássico contra o Palmeiras, no dia 26, e também com a Seleção Brasileira para enfrentar a Bósnia, dois dias depois. No entanto, a decisão da Federação Paulista de Futebol (FPF) e a irritação do técnico Emerson Leão tiraram definitivamente o jogador do clássico.

O São Paulo sequer analisou a possibilidade de pedir o adiamento da viagem do camisa 7 que, ao invés de embarcar com o restante da delegação na manhã do sábado (25), iria na noite do domingo, após o jogo contra o Palmeiras, para se apresentar a Mano Menezes na segunda e entrar em campo na terça, às 16h (de Brasília), com a camisa canarinho.

De acordo com o vice de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, Lucas fica descartado para o clássico por causa da decisão da FPF. "Não vamos pedir mais nada, pois já fizemos aquilo que entendíamos e que é correto. Houve precedente para outros clubes, mas há os direitos de televisão, também há acordo do Palmeiras com a prefeitura de Prudente, então é isso. Lucas não joga".

Se Jesus Lopes foi direto no comentário, o técnico Emerson Leão aproveitou a oportunidade para criticar o sistema que rege o futebol brasileiro, pois o amistoso da Seleção é uma "data Fifa", situação na qual o calendário dos clubes é interrompido. Outro fator que impressiona o treinador foi o tempo de resposta ao pedido do clube: menos de 24 horas.

"O tempo recorde na resposta é importante ressaltar. Os outros tiveram os jogos adiados e está autorizado que isso possa acontecer. A Seleção viaja sábado à noite. A CBF podia ajudar a gente também, é uma reivindicação justa, uma vez que a data Fifa poderia vir acompanhada da paralisação dos campeonatos regionais. Estaria de bom tamanho e não caberia mal a ninguém. Mas faz parte do jogo", disparou Leão, para completar: "Data Fifa para o campeonato, não tem briga, acabou. Ninguém discute, ninguém reclama. Aí entra o bom senso".

Sobre a possibilidade de entrar em contato com Mano Menezes, Leão foi bem claro: "falar com o Mano Menezes? De jeito nenhum. Tenho outras coisas mais importantes. Se o Lucas voasse domingo à noite, tomaria café com o pessoal na segunda. Se não querem, paciência".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade