1 evento ao vivo

Gol contra tira vitória do São Paulo na estréia

21 jan 2009
21h23
atualizado em 22/1/2009 às 00h02

Na primeira partida oficial do São Paulo na temporada de 2009, a equipe não conseguiu repetir as atuações do final do ano passado e só ficou no empate por 1 a 1 com o Ituano na noite desta quarta-feira, no Estádio do Morumbi, na estréia das duas equipes no Campeonato Paulista. Depois de sair em vantagem, o time mandante sofreu o empate com um gol contra marcado pelo zagueiro Miranda, ainda na etapa inicial.

» Veja fotos de São Paulo x Ituano
» Veja classificação atualizada
» Confira tabela e resultados
» Comente o empate no Morumbi

No duelo que marcou as estréias do lateral-direito Wagner Diniz e do volante Arouca com a camisa tricolor, a equipe da casa não conseguiu transformar em gols o maior domínio e parou no time do interior, somando apenas um ponto no primeiro compromisso do Estadual de 2009.

Desde o apito inicial, o São Paulo se mostrou superior e criava as melhores chances de gol da partida. Com rápidas trocas de passes, o time da casa envolvia a marcação adversária e chegava com perigo em cada investida ao ataque.

E depois de assustar o goleiro Alexandre Fávaro com alguns chutes à distância, o time de Muricy Ramalho abriu o placar aos 11min. Após triangulação ofensiva, Borges recebeu de costas para a zaga e, com um lindo toque, deixou Hugo livre para tocar com a perna esquerda e estufar as redes.

Em vantagem no placar, o São Paulo continuou tentando o gol e usou como principal arma os chutes fortes à distância. Desta forma, aos 14min, Jorge Wagner só não marcou porque parou na presença do goleiro do Ituano, que jogou para escanteio. Com 23min de jogo foi a vez de Hernanes arriscar e ver a bola passar rente à trave direita.

Com espaços para avançar, os homens de meio-campo do São Paulo se arriscaram mais ao ataque e, aos 27min, Jean chegou na frente e soltou tiro forte da intermediária, parando em nova intervenção importante de Fávaro, que não parava de reclamar com a sua defesa.

No entanto, no momento em que o São Paulo estava mais próximo do segundo gol, o time sofreu um empate graças a uma infelicidade do zagueiro Miranda. Com 36min de bola rolando, depois de cruzamento de Henrique e cabeceio fraco de Ricardo Xavier, o defensor tentou matar no peito, tirou Rogério Ceni da jogada e viu a bola bater na trave antes de entrar.

Com a volta da igualdade ao marcador, o São Paulo voltou a mostrar a força ofensiva e tentou mais um chute de longe antes de ir para o vestiário. Da entrada da área, Hernanes saiu da marcação e arriscou, mas foi barrado outra vez pelo arqueiro do Ituano.

Com o reinício, período em que o time contou com os estreantes Wagner Diniz e Arouca nos lugares de Joilson e Dagoberto, o São Paulo manteve a pressão e quase saltou à frente do marcador novamente no primeiro minuto de jogo, em lance que Jorge Wagner bateu falta na área e Hugo desviou próximo da meta do time do interior.

O domínio tricolor teve seqüência aos 4min, quando o ex-lateral vascaíno desceu pela direita, em um de seus primeiros lances com a camisa do São Paulo, e serviu Borges. O atacante tocou para as redes, mas teve o lance invalidado por estar em posição de impedimento.

Com uma postura ofensiva, o São Paulo continuou criando e desperdiçando oportunidades de marcar. Na primeira delas, Hugo recebeu na área e bateu cruzado, para fora. Em seguida, aos 21min, Dagoberto, em um de seus últimos lances em campo, escapou da marcação no lado direito do ataque, mas finalizou por cima.

A pressão dos donos da casa foi mantida e, aos 32min, por pouco o torcedor são-paulino não viu um golaço no Morumbi. Depois de cruzamento de Miranda, Hugo se esticou e, de bicicleta, mandou rente ao ângulo esquerdo de Fávaro. Logo no lance seguinte, Arouca lançou Borges dentro da área, que matou no peito mas, desequilibrado, chutou para fora.

Sem ter sucesso nas investidas, o time do Morumbi passou a ter problemas para entrar na área do Ituano e também não conseguia mais espaços para tentar as finalizações à distância. Com e melhora defensiva do adversário e o fraco poder de criação são-paulino, o placar não teve alterações até o apito final.

Após o primeiro compromisso no Estadual, as duas equipes só voltarão a campo no próximo final de semana, pela segunda rodada. Enquanto o Ituano encara o Guarani no próximo sábado, no retorno ao Estádio Novelli Júnior, São Paulo e Portuguesa farão o primeiro clássico do ano no domino, no feriado de aniversário da capital paulista, no Canindé.

Ficha Técnica

São Paulo 1x1Ituano

Equipes

Rogério Ceni
André Dias
Renato Silva
Miranda
Joilson
(Wagner Diniz)
Jean
Hernanes
Hugo
(André Lima)
Jorge Wagner
Dagoberto
(Arouca)
Borges
Alexandre Fávaro
Henrique
Thiago Bernardi
Anderson
Ceará
Érick
Serginho
(Ticão)
Carlos Eduardo
Muriqui
(Xaves)
Alex Afonso
(Anderson Aquino)
Ricardo Xavier

Técnico:
Muricy Ramalho

Técnico:
Vinícius Eutrópio

Gols

1ºT 11min - Hugo 36min - Miranda (contra)
2ºT ------------------------------

Cartões amarelos

Borges
Anderson
Érick

Local

Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Robério Pereira Pires

Fonte: Terra
publicidade