1 evento ao vivo

Jorginho pede paz para torcidas de Ponte Preta e São Paulo

20 nov 2013
14h22
atualizado às 14h22
  • separator
  • 0
  • comentários

A rivalidade entre Ponte Preta e São Paulo ganhou ainda mais força nos dias que antecederam a semifinal da Copa Sul-Americana, principalmente depois do Moisés Lucarelli ter sido vetado a pedido da diretoria tricolor, que alegou falta de segurança. Preocupado com o desdobramento do caso e a indignação da torcida alvinegra, o técnico Jorginho fez um apelo e pediu paz para as pessoas que comparecerem nos próximos dois confrontos entre os times.

"Fica aqui então um apelo. Quero dizer que o mais importante é a vida de vocês (torcedores), não vale a pena participar de tumulto, problemas. Quantas pessoas estão perdendo a vida por causa de um jogo de futebol? Que o torcedor da Ponte marque presença, mas que torça em paz", pediu o treinador alvinegro.

Além de uma questão de justiça, Jorginho citou a segurança como um dos fatores para a partida de volta ser realizada em Campinas. No entanto, com o veto da Conmebol, o duelo deve acontecer mesmo no Estádio Romildo Gomes Ferreira, em Mogi Mirim. O treinador alertou sobre a possibilidade das duas torcidas se encontrarem na estrada, o que poderia ocasionar em uma grande tragédia.

"Seria uma questão de justiça com o torcedor da Ponte que o jogo fosse aqui (Campinas). Até em termos de segurança é mais fácil o jogo ser aqui, não corre o risco de duas enormes torcidas se encontrarem em uma rodovia", justificou Jorginho.

O primeiro jogo da semifinal acontece nesta quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília), no Estádio do Morumbi. Já a volta está marcada para a próxima quarta-feira, no mesmo horário, mas o local ainda não está definido. Provavelmente será em Mogi Mirim, restando apenas a oficialização por parte da Conmebol.

Fonte: André Regi Esmeriz - Especial para o Terra André Regi Esmeriz - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade