4 eventos ao vivo

Juvenal: Dagoberto quer ficar, mas negociação é difícil

12 out 2011
16h02
atualizado às 16h16

Na chegada da delegação do São Paulo à Arena Barueri para o duelo com o Internacional, nesta quarta-feira, Juvenal Juvêncio resolveu falar. O presidente tricolor, que tem pouco contato com a imprensa, entre outros assuntos, comentou a situação de Dagoberto no clube.

» Confira 50 opções de reforços grátis para seu time em 2012
» Paulo Baier = Agostinho? Veja sósias do Brasileiro

Bem ao seu estilo, Juvenal afirmou que Dagoberto tem vontade de permanecer no São Paulo, mas a questão financeira dificulta a permanência do atleta no Morumbi.

O atacante tem contrato com o time tricolor até 18 de abril de 2012, e a partir da próxima semana já poderá assinar pré-contrato com qualquer outro clube. As conversas entre a diretoria e Marcos Malaquias, empresário do atacante, sobre uma renovação com o clube estão paradas.

"Eu nunca conversei com o Dagoberto. É um cara fácil? Não é! Ele tem um empresário fácil? Não tem! Ele tem um empresário que quer ganhar mais? Sim. Eu sou uma pessoa fácil? Não sou. Mas ontem (terça-feira) ele falou para não sei quem: 'fala para o presidente que eu quero ficar'. Ele tem vontade de ficar, isso tem. Mas é claro que o dinheiro pesa. Vai pesar e tem que pesar", declarou Juvenal Juvêncio.

Dagoberto tem 22 gols nesta temporada e é o artilheiro do elenco. O atacante tem sido sondado por diversas equipes do futebol brasileiro e do exterior. O Internacional, rival desta quarta-feira, tem interesse declarado em contar com o jogador. Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, já chegou a afirmar que Dagoberto vestirá a camisa do Santos.

Dagoberto desperta interesse de clubes como o Internacional
Dagoberto desperta interesse de clubes como o Internacional
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Fonte: Lancepress!
publicidade