publicidade
17 de janeiro de 2013 • 19h22 • atualizado às 20h00

Luís Fabiano não quer "apanhar de bêbado" na pré-Libertadores

Para Luís Fabiano, São Paulo tem obrigação de vencer o Bolívar
Foto: Bruno Santos / Terra
 

Campeão da Sul-Americana e quarto colocado do Campeonato Brasileiro de 2012, o São Paulo não conseguiu entrar direto na fase de grupos da edição deste ano da Copa Libertadores. Dessa forma, o time será obrigado a passar pela fase preliminar, que geralmente proporciona duelos envolvendo grandes brasileiros e modestos clubes de outros países.

Principal jogador de linha do São Paulo, Luís Fabiano concedeu sua primeira entrevista do ano nesta quinta-feira, penúltimo dia da pré-temporada, no Centro de Formação de Atletas de Cotia. Sob o risco de "comprometer" a temporada - como foi com o Corinthians, em 2011 -, o atacante não pensa no risco de ser eliminado antes mesmo da fase de grupos da Libertadores: ele disse que não quer "apanhar de bêbado".

"Todo clube brasileiro planeja a temporada pensando na Libertadores, e é mais ou menos como bater em bêbado. Se você bate está tudo certo, mas se apanha é: 'olha, apanhou de bêbado'. Para a gente é: se vencer o Bolívar fez a obrigação, mas se perder acabou o mundo. Com o Corinthians foi complicado a temporada toda. Queremos estar na Libertadores", analisou Luís Fabiano, sem pensar na possibilidade de eliminação precoce.

Para o atacante são-paulino, a grande motivação do grupo é voltar à principal competição continental após três temporadas. Para atingir o objetivo, as partidas contra o Bolívar são vistas como fundamentais: "Esse é o grande jogo do ano, vai traçar o caminho de todo o trabalho. São três anos fora e a torcida fica louca quando não disputa Libertadores. Vamos tentar um bom resultado em casa e lutar para respirar em La Paz".

O duelo com o Bolívar começa já na próxima quarta-feira, quando o time tricolor recebe os bolivianos no Morumbi para o primeiro desafio. Antes disso, a equipe se despede de Cotia na sexta-feira e já estreia na temporada no sábado, quando recebe o Mirassol, em partida válida pela abertura do Campeonato Paulista.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva