4 eventos ao vivo

Ney Franco destaca substituições e dá nota 10 para próprio desempenho

10 mar 2013
20h04
atualizado às 22h14
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Ney Franco foi pouco modesto ao analisar seu desempenho no empate por 0 a 0 entre São Paulo e Palmeiras neste domingo, no Estádio do Morumbi, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. Questionado em entrevista coletiva sobre a nota que daria para sua atuação no clássico, o treinador são-paulino avaliou sua escalação e as trocas que fez, antes de se dar uma nota 10.

<p>Técnico destacou eficiência de substituições e elogiou resposta dos jogadores</p>
Técnico destacou eficiência de substituições e elogiou resposta dos jogadores
Foto: Fernando Borges / Terra

“Acho que foi ótimo o trabalho - pela manutenção da liderança do Campeonato Paulista substituições muito bem feitas, que surtiram efeito. Se fosse dar uma nota para o meu trabalho: nota 10”, afirmou Ney Franco, satisfeito com as mudanças promovidas ao longo do jogo.

A primeira mudança de Ney Franco não foi uma substituição, mas uma mudança tática no início do jogo: diante da pressão do Palmeiras, deslocou o volante Rodrigo Caio do meio de campo para a lateral direita, empurrando Douglas para o ataque. No entanto, com a expulsão de Lúcio no começo da segunda etapa, foi obrigado a rever suas alteração.

Para recompor a defesa, sacou Wellington e escalou Edson Silva. Aí, para partir em busca da vitória, colocou jogadores considerados titulares em campo: Jadson na vaga de Paulo Henrique Ganso e Osvaldo no posto de Luís Fabiano – que é titular, mas que não atuará na próxima partida da equipe, contra o Arsenal de Sarandí, em virtude de uma suspensão.

Segundo o técnico, a expulsão do zagueiro aconteceu “muito no início” do segundo tempo, “e justamente no momento em que já estavam programadas duas substituições para colocar a equipe mais ofensiva, pra entrar o Jadson e o Osvaldo”. “A gente teve que recuar em uma das substituições”, explicou Ney Franco, que sacou Ganso aos 6min do segundo tempo e substituiu Luís Fabiano aos 14min.

O técnico ainda elogiou a entrada de Jadson, que ajudou na criação de jogadas da equipe. “Entrou o Jadson, que entrou muito bem na partida, deu uma sustentação ao meio de campo e começou a encaixar o passe”, disse o treinador.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade