0

Paulo Baier confirma escrita de artilheiro e mantém crise do São Paulo

15 ago 2013
21h26
atualizado às 21h34
  • separator
  • comentários

Quando Paulo Baier ajeitou a bola na marca da cal para cobrar pênalti a favor do Atlético-PR, repetiu gesto que já fez em muitas outras oportunidades em sua carreira. O meia, 38 anos, mostrou na noite desta quinta-feira porque é o principal jogador da equipe rubro-negra e comandou seu time em empate por 1 a 1 com o desesperado São Paulo no Morumbi.

Brasileiro Série A 2013Rodada 14

São Paulospfc-uSão Paulo1
1Athletico-PRAthletico-PRCAP

  • Rodrigo Caio 17 ' (1T)
  • Paulo Baier 37 ' (1T)
2013-08-15 22:30 GMT-000 (D) FinalizadoEstádio Morumbi

Baier foi o responsável por fazer o gol do Atlético-PR. Aos 38min do primeiro tempo, o camisa 30 aproveitou pênalti sofrido por Marcelo em carrinho de Rafael Tolói e bateu forte e alto. A bola chegou a resvalar na mão direita de Rogério Ceni, mas acabou por repousar nas redes. O suficiente para manter o São Paulo afastado das vitórias.

Sábio, Paulo Baier percebeu que o Atlético-PR poderia até ter vencido no Morumbi, mas mesmo assim exaltou seu time: "a gente sai muito satisfeito. Além do resultado, pelo futebol que apresentamos. Um futebol envolvente em que tivemos oportunidade de sair vencedores. Foi  um belo jogo. Saímos satisfeitos pelo ponto e pelo futebol. Parabéns a todos do Atlético", afirmou, na saída do gramado.

Atlético-PR busca empate com gol de pênalti

Com a penalidade convertida, Baier chegou a 93 gols na era dos pontos corridos no Campeonato Brasileiro e ampliou sua vantagem como principal artilheiro do Nacional desde 2003 - foi o terceiro neste ano. De lá para cá, o gaúcho de Ijuí passou por Criciúma, Goiás, Palmeiras e Sport, e a partir de 2009 se tornou presença constante entre os titulares do Atlético-PR.

Sem a mesma mobilidade de outras épocas, Baier tem o resto do time para correr para si. O meia atuou contra o São Paulo com liberdade na intermediária, uma vez que os volantes do time tricolor davam muito espaço ao veterano.

<p>Paulo Baier é o jogador que fez mais gols pelo Campeonato Brasileiro desde 2003, quando o formato mudou</p>
Paulo Baier é o jogador que fez mais gols pelo Campeonato Brasileiro desde 2003, quando o formato mudou
Foto: Bruno Santos / Terra

Além de ajudar com passes, o veterano segue fundamental na bola parada. Aos 27min do primeiro tempo, Baier alçou na área em cobrança de falta e viu Manoel exigir grande defesa de Rogério Ceni em desvio de cabeça. Seis minutos depois, teve chance em chute frontal, mas mandou por cima do travessão.

No segundo tempo, a produção do meia caiu, já que 38 anos cobram seu preço. O veterano deixou a partida aos 27min da etapa complementar e acompanhou de fora o Atlético-PR segurar o empate por 1 a 1 e ampliar a crise são-paulina - o time tricolor não vence pelo Brasileiro desde 27 de maio. Para Paulo Baier a missão já estava cumprida.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade