0

Pintado é oficializado na comissão e volta ao Tricolor após 23 anos

Na manhã desta segunda-feira, a assessoria de imprensa do São Paulo confirmou aquilo que muitos já esperavam: a volta de Pintado ao clube. O ex-volante, que atuou pelo Tricolor nos anos 1990, agora fará parte da comissão técnica e desenvolverá um trabalho próximo do campo e dos jogadores. Revelado no time comandado por Telê Santana, […]

4 abr 2016
11h03
  • separator
  • comentários

Na manhã desta segunda-feira, a assessoria de imprensa do São Paulo confirmou aquilo que muitos já esperavam: a volta de Pintado ao clube. O ex-volante, que atuou pelo Tricolor nos anos 1990, agora fará parte da comissão técnica e desenvolverá um trabalho próximo do campo e dos jogadores.

Revelado no time comandado por Telê Santana, Luís Carlos de Oliveira Preto conquistou o bicampeonato da Libertadores entre 1992 e 1993, além do Mundial de 92, antes de ser negociado com o Cruz Azul-MEX. E agora seguirá, no São Paulo, trajetória semelhante a que cumpriu no exterior, trabalhando em um mesmo clube como jogador e membro da comissão.

Auxiliar do Cruz Azul na disputa do Mundial Interclubes 2014, Pintado quer trazer essa experiência ao clube do coração. Para voltar ao Tricolor após 23 anos, o treinador abandonou o projeto à frente do Guarani na Série A2 do Campeonato Paulista.

“Fiz o trabalho de auxiliar técnico no Cruz Azul, sei o que posso oferecer ao treinador e me coloco à disposição dele no que precisar. É um momento novo na minha vida, especial e de muita alegria. Estou extremamente motivado e pronto. Sou muito grato ao São Paulo por mais essa oportunidade”, comemorou.

O diretor de futebol Luiz Antonio da Cunha comentou a chegada de Pintado ao Tricolor na função extracampo. “O Pintado vem para colaborar com o trabalho da comissão técnica e atletas. É um trabalho estrutural, de longo prazo, e que acreditamos que será consolidado com o tempo. Vai agregar não só pelo conhecimento e vivência no futebol, como pela identificação com o clube”, comentou.

Após o desligamento de Milton Cruz, que passou de escudeiro de Juan Carlos Osorio, em 2015, a analista de desempenho das categorias de base, sob gestão de Leco e presença de Bauza, em 2016, caberá a Pintado cuidar da parte de gestão do elenco e intercâmbio entre atletas, comissão técnica e diretoria.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade