1 evento ao vivo

Polícia divulga nomes dos torcedores detidos em confusão no Mané Garrincha

19 ago 2013
12h41
atualizado às 12h46
  • separator
  • comentários

A assessoria da Coordenadoria de Comunicação para a Copa do Distrito Federal divulgou, nesta segunda-feira, que três integrantes da torcida organizada do São Paulo estão detidos na carceragem da 5ª Delegacia de Polícia, acusados de participar da agressão a um torcedor do Flamengo, minutos antes do início da partida, que terminou empatada por 0 a 0, na área externa do Estádio Nacional Mané Garrincha.

<p>Confusão aconteceu antes do início da partida entre Flamengo e São Paulo, que terminou com empate por 0 a 0</p>
Confusão aconteceu antes do início da partida entre Flamengo e São Paulo, que terminou com empate por 0 a 0
Foto: Cristiano Andujar / Agência Lance

O torcedor machucado foi levado pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital de Base, onde recebeu os devidos cuidados e segue internado. Os agressores serão indiciados por lesão corporal grave, artigo 129 do Código Penal, com pena de detenção até cinco anos.

Brasileiro Série A 201338ª Rodada

Entre os detidos está Genivaldo da Silva, 34 anos, que segundo a Polícia Civil é presidente da torcida organizada Independente, do São Paulo. Os outros dois detidos são Moisés Oliveira Paulino, 46 anos, e Ricardo Alves Maia, 37. Os três moram no estado de São Paulo e devem seguir, na tarde desta segunda-feira, para o Departamento de Polícia Especializada.

Todos os envolvidos no tumulto têm passagem pela polícia.O torcedor do Flamengo agredido está se recuperando de uma cirurgia feita durante a madrugada desta segunda-feira na mandíbula fraturada, e encontra-se em estado estável, sem correr qualquer risco. O Hospital de Base de Brasília informa, ainda, que os ferimentos no rosto e na testa foram leves e sem gravidade.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade