1 evento ao vivo

Rogério Ceni adia aposentadoria e renova com São Paulo por um ano

7 dez 2013
12h52
atualizado às 13h37
  • separator
  • 0
  • comentários

O goleiro Rogério Ceni, 40 anos, decidiu estender a carreira e renovou seu contrato com o São Paulo por mais uma temporada. Apesar de ter chegado a declarar durante 2013 que este seria seu último ano como jogador, o camisa 1 repensou a decisão e assinou o novo vínculo após reunião com o presidente Juvenal Juvêncio neste sábado, no CT da Barra Funda.

<p>Aos 40 anos, Rogério Ceni jogará 24ª temporada seguida pelo São Paulo</p>
Aos 40 anos, Rogério Ceni jogará 24ª temporada seguida pelo São Paulo
Foto: Getty Images

O ano de 2014 será o 24º seguido de Rogério defendendo a camisa tricolor. Segundo o jogador, a insistência dos dirigentes e do técnico Muricy Ramalho para que não encerrasse a carreira foi determinante para sua escolha.

"O que mais me motivou a renovar o contrato, primeiro, é a oportunidade de continuar aqui no São Paulo, minha segunda casa. Eu adoro isso aqui, é praticamente a minha vida. Mas também pela insistência do clube, do presidente Juvenal Juvêncio, que vem sendo tão incisivo comigo para que eu continue, assim como as declarações do Muricy pedindo a minha permanência, porque é muito bom trabalhar com a confiança de quem comanda o clube", disse Ceni ao site oficial do São Paulo.

Juvenal também comemorou o fato de ter conseguido convencer Rogério a adiar a aposentadoria. "É uma satisfação enorme ter conseguido sensibilizar nosso maior ídolo para que atue por mais uma temporada. Sempre deixei claro que, pelo São Paulo, tínhamos o mais absoluto interesse na renovação do Rogério, não só por tudo que ele representa para o nosso torcedor, mas porque a temporada de 2013 mostrou que o Rogério está em grande forma, como nosso técnico Muricy Ramalho sempre deixou claro", afirmou o presidente, também ao site do clube.

Nesta temporada, Rogério Ceni quebrou o recorde de Pelé de mais partidas disputadas por um único clube - contra o Coritiba na última rodada do Brasileiro, chegará ao seu 1.120º jogo pelo São Paulo, enquanto o tricampeão mundial fez 1.116 pelo Santos. O capitão tricolor é também o maior goleiro-artilheiro da história do futebol, com 113 gols.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade