3 eventos ao vivo

Sede do Rio-2016 é a primeira a passar por simulação de emergência

25 mar 2013
13h53
atualizado às 13h57

A nova sede do Rio-2016 e da Empresa Olímpica Municipal (EOM) foi a primeira instalação olímpica a passar por simulação de situação de emergência, nesta segunda. A atividade faz parte do Plano Integrado de Segurança do prédio e testa o plano de emergência e abandono da nova sede.

O exercício foi realizado em integração com as agências de Segurança Pública, Defesa Civil e Ordenamento Urbano. As duas empresas contam com funcionários treinados e capacitados para participarem voluntariamente da Brigada de Combate a Incêndio do Rio-2016."Segurança é uma das prioridades da organização dos Jogos e essa preocupação começa com a nossa sede. Este foi o primeiro de uma série de treinamentos que realizaremos daqui até o período dos Jogos para garantir a segurança de todas as instalações", explica o Presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio-2016, Arthur Nuzman.

A nova sede do Rio-2016 e da EOM ocupa área de mais de 20 mil m² e pode ser desmontada ou reutilizada após a realização dos Jogos. O prédio conta com sistemas de água e energia sustentáveis, além de desenvolvido priorizando a acessibilidade.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade