0

Shirlene Coelho quebra recorde mundial e fatura ouro no dardo

8 set 2012
08h22
atualizado às 11h52

A brasileira Shirlene Coelho conquistou na manhã deste sábado a primeira medalha de ouro do atletismo brasileiro em provas de campo nos Jogos Paralímpicos de Londres. Soberana no lançamento de dardo da classe T37/38 (paralisados cerebrais ambulantes), ela garantiu presença no primeiro lugar do pódio com direito a recorde mundial.

» Acompanhe o quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos
» De bocha a goalball, conheça os esportes da Paralimpíada
» Confira dez curiosidades sobre a Paralimpíada

Shirlene já era detentora do recorde mundial da classe F37, mas não demorou para superar a própria marca. Logo no primeiro lançamento neste sábado, a brasileira conseguiu 37,86 m e superou em quase 2 m a antiga marca, de 35,95 m, obtida nos Jogos Paralímpicos de Pequim de 2008 - na época, ela fora medalhista de prata, uma vez que competia com atletas das categorias F35 a 38.

Desta vez, porém, Shirlene não teve problemas para conquistar o ouro com supremacia. Ela ainda fez mais quatro arremessos que lhe garantiriam a primeira colocação nos Jogos de Londres: 35,92 m, 34,04 m, 36,06 m e 36,03 m, respectivamente. Apenas a sua quarta tentativa, de 31,19 m, ficou abaixo da chinesa Qianqian Jia, prata com 31,62m. O pódio ainda teve a australiana Georgia Beikoff, bronze ao obter a marca de 29,84 m.

Esta foi a 14ª medalha do atletismo brasileiro em Londres, mas apenas a segunda em provas de campo (as outras 12 foram em disputas de pista). O outro pódio foi do arremesso de disco da classe F40 masculina, com Jonathan Santos conquistando o bronze.



Shirlene havia sido prata em Pequim 2008
Shirlene havia sido prata em Pequim 2008
Foto: Patrícia Santos/CPB / Divulgação
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade