0

Silenciados na China, manifestantes vão às ruas de Vancouver

12 fev 2010
07h02
atualizado às 15h19

A véspera da cerimônia de abertura da Olimpíada de Inverno de Vancouver foi marcada por protestos. Cerca de 50 pessoas se manifestaram contra a competição, incluindo uma jovem que dizia querer destruir os Jogos e uma idosa que se definia horrorizada pelo forte esquema de segurança armado pelos policiais canadenses.

Conforme matéria da agência AP evidencia nesta sexta-feira, há bem mais liberdade para reclamações atualmente em Vancouver que em agosto de 2008, quando o movimento olímpico passou por Pequim.

Muitas vezes silenciados na China, os dissidentes têm mais voz desta vez e fazem o possível para que a Olimpíada seja marcada tanto pelas manifestações quanto pela contusão da musa americana Lindsey Vonn.

No geral, a principal argumentação dos protestantes é quanto ao custo dos Jogos Olímpicos de Inverno - de US$ 1,63 bilhão (R$ 3,04 bilhões) -, dinheiro que poderia ser utilizado na solução de problemas sociais do Canadá.

Líder aborígene, Stewart Phillip inclusive afirmou à AP que os políticos do país estão utilizando o evento que vai até 28 de fevereiro para mascarar as dificuldades financeiras de parte da população.

Jogos Olímpicos de Inverno no Terra

O Terra transmite ao vivo a competição em 15 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito.

Uma equipe de 60 profissionais está encarregada de fazer a cobertura direto de Vancouver e dos estúdios do Terra, em São Paulo, no Brasil, com as últimas notícias, fotos, curiosidades, resultados e bastidores da competição.

A equipe conta com a participação do repórter especialista em esportes radicais Formiga - com 20 anos de experiência em modalidades de neve -, e o pentacampeão mundial de skate Sandro Dias, que comenta a competição em seu blog no Terra.

No celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone e smartphones: m.terra.com.br/vancouver

Protestos durante a passagem da tocha olímpica têm sido comuns antes dos Jogos de Vancouver
Protestos durante a passagem da tocha olímpica têm sido comuns antes dos Jogos de Vancouver
Foto: Reuters
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade