0

SP: piloto de paramotor morre após acidente em prova

O acidente ocorreu quando um dos paramotores, da prova X-6, uma espécie de rali aéreo, se chocou com um que praticava voo panorâmico

21 abr 2014
06h33
atualizado às 11h06
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um piloto de paramotor morreu e outro ficou ferido neste domingo durante as provas do Campeonato Mundial de  Paramotor, que é realizado em Araçatuba, interior de São Paulo. Dois paramotores se chocaram a uma altura de aproximadamente 50 metros. A vela de um deles enroscou no outro aparelho e eles caíram.

O piloto Edson Luís de Paulo, de 45 anos, morador da capital paulista, chegou ser atendido pelas equipes de pronto-socorro, mas não resistiu. O piloto paraguaio Mário Benjamin, que conduzia o outro aparelho, sofreu fraturas na perna e braço, mas não corre risco de morte.

O acidente ocorreu quando um dos paramotores, que fazia a prova X-6, uma espécie de rali aéreo, se chocou com o outro paramotor, que fazia um voo panorâmico. Com o choque, as velas dos dois aparelhos perderam a estabilidade, causando a queda. “Eu vi a colisão entre os dois. Ambos fizeram uma curva em reverso, um para cada direção e após o choque eles caíram”, disse um dos expectadores da prova Marcelo Pelho.

Uma perícia apontará as reais causas do acidente. Organizada pelo Clube de Paramotores de Araçatuba, a competição teve início na sexta-feira e tinha encerramento previsto para esta segunda, mas os organizadores devem se reunir para definir se a competição continuará. Cerca de 150 pilotos de diversos países, como França, Espanha, Portugal, Argentina e Paraguai, além de várias regiões do Brasil, participam do encontro.

Outro acidente
No sábado, o piloto Diego Elias Carlos, caiu de uma altura de 12 metros quando tentava finalizar uma prova de slalon, sofrendo fraturas. Ele segue internado, mas não corre risco de morrer.

Veja também:

Jogar em casa não está fazendo a diferença no Campeonato Alemão. Entenda o cenário
Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade