0

Técnico da Seleção feminina de handebol viaja para Áustria

10 ago 2011
16h34
atualizado em 11/8/2011 às 11h27
Anderson Rodrigues
Direto de São Paulo

Cinco jogadoras brasileiras seguiram esta quarta-feira para Áustria com técnico da Seleção de Handebol, o dinamarquês Morten Soubak. De olho nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara e nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, a Confederação Brasileira da modalidade firmou um acordo para que oito atletas façam um intercâmbio com o Hyppo, time que participa de torneios nacionais e na Europa.

Além de Daniela Piedade (pivô), Alexandra Nascimento (ponta) e Francine Moraes (armadora) - que já estavam no time -, um acordo de cooperação técnica com o apoio do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) garantiu a ida de outras cinco jogadoras por um ano: Ana Paula (central), Samira Pereira (ponta), Sílvia Helena (armadora), Fernanda França (ponta) e Bárbara Arenhart (goleira).

Para o técnico da Seleção Brasileira, "a Áustria é uma das potencias mundiais, mas a seleção vem caindo de produção, abaixo de Noruega, Dinamarca, França, Espanha e Alemanha".

"O campeonato austríaco não está entre os melhores do mundo, mas elas terão a chance de jogar numa equipe que disputa a Liga dos Campeões da Europa. O nível de treinos deste time e dos adversários serão importantes para a evolução delas. Estamos felizes com esta parceria", disse Morten ao Terra.

O Brasil é o atual campeão pan-americano - ouro no Rio 2007. E, na visão de Morten, a seleção vai ganhar muito com a cooperação. "Oito jogadoras numa mesma equipe, entrosadas, na Europa, é algo positivo. Quero acompanhar de perto este trabalho", completou. A atual seleção ainda conta com jogadoras atuando na Espanha, França e Noruega.

Daniela Piedade terá sete brasileiras ao seu lado atuando na Áustria
Daniela Piedade terá sete brasileiras ao seu lado atuando na Áustria
Foto: João Neto/CBHb / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade