0

Ao lado de Jamie Murray, Bruno Soares avança à final nas duplas em Sydney

15 jan 2016
08h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Ao lado do britânico Jamie Murray, irmão de Andy Murray, o brasileiro Bruno Soares avançou à final na chave de duplas do ATP de Sydney após vencer os poloneses Marcin Matkowski e Lukasz Kubot por 2 sets a 1, parciais de 7/5, 2/6 e 10/3, em uma hora e 26 minutos de partida.

O primeiro set não começou da melhor maneira para a dupla Murray/Soares e eles acabaram sofrendo uma quebra de saque logo no primeiro game. No entanto, o britânico e o brasileiro conseguiram se recuperar e viraram o placar anulando o serviço dos adversários nos dois últimos games em que sacaram, fechando a primeira parcial.

Já no segundo set a situação foi diferente e os poloneses Matkowski e Kubot foram mais agressivos para dificultar a vida dos adversários e conseguirem anular suas ações para fechar a segunda parcial e empatar o duelo, levando a decisão para o tie-break.

Na parcial decisiva Bruno Soares e Jamie Murray voltaram a se impor diante dos adversários e não cometeram os erros vistos no set anterior para garantir a vitória e a classificação para a grande final do ATP de Sydney.

Agora, a dupla irá enfrentar o romeno Florin Mergea e o indiano Rohan Bopanna, que venceram o argentino Leonardo Mayer e o brasileiro Thomaz Bellucci por 2 sets a 0, parciais de 7/6 e 6/4, em uma hora e 24 minutos de jogo.

Com o revés, Thomaz Bellucci perdeu a chance de protagonizar uma final brasileira na Austrália, contra Bruno Soares, e focará em sua preparação para o Aberto da Austrália, quando irá estrear na chave de simples contra Jordan Thompson, australiano convidado da competição.

Simples – Na chave de simples, quem irá protagonizar a grande decisão será o búlgaro Grigor Dimitrov e o sérvio Viktor Troicki, que passaram por Gilles Muller e Teimuraz Gabashbili, respectivamente.

Cabeça de chave número quatro da competição, Dimitrov não teve dificuldades para passar por Gilles Muller por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 7/6. Já o sérvio Viktor Troicki sofreu um pouco mais e venceu por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 6/4 e 6/4.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade