0

Após "sonho", Bellucci diz que vitória sobre Federer dá confiança

7 dez 2012
04h18
atualizado às 22h36
Henrique Moretti
Direto de São Paulo

Segundo suas próprias palavras, Thomaz Bellucci viveu uma noite de sonho nesta quinta-feira no Ginásio do Ibirapuera. O tenista superou o "melhor jogador de todos os tempos", expressão com a qual se refere ao suíço Roger Federer, em um resultado que acredita que lhe dará confiança para 2013. O brasileiro vê o Gillette Federer Tour como um treinamento da pré-temporada e seu próximo desafio é o francês Jo-Wilfried Tsonga, em partida que começará não antes das 21h30 (de Brasília) desta sexta.

Diante de Federer, estrela que dá nome à série de exibições que ocorrem até o próximo domingo no Ibirapuera, Bellucci admite que "o resultado não era o mais importante", porém não escondeu a satisfação após o placar favorável de 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 3/6 e 6/4, sobre o adversário.

"Eu estava muito feliz de estar lá dentro, é muito especial enfrentar o Federer dentro de casa. Para mim foi especial essa vitória e dá confiança sim: já joguei com muitos jogadores bem ranqueados e sempre estive muito perto de ganhar", disse Bellucci, elogiando o colega recordista de títulos de Grand Slams (17) e de semanas como número 1 do mundo (302) na história do tênis

Contra o próprio Federer, atualmente o segundo colocado do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Bellucci já havia ¿perdido no detalhe¿ duas vezes neste ano, conforme recordou. Sempre por 2 sets a 1, caiu por 6/3, 6/7 (6-8) e 7/5 no ATP 500 da Basileia e por 3/6, 6/3 e 6/4 no Masters 1000 de Indian Wells.

Confirmando que encarou a partida com bastante seriedade, o brasileiro já se considera em preparação para o ano que vem, tendo "três jogos de alto nível em quatro dias" para fazer: após bater Federer, encara Tsonga, número 8 do mundo, nesta sexta e o espanhol Tommy Robredo, o 114, no domingo.

"O Federer também não (aliviou)", destacou Bellucci. "Mesmo sendo exibição os dois queriam ganhar, ninguém está aqui só para cumprir tabela", completou ele.

Em sua entrevista depois da partida, o suíço questionado se fica decepcionado com derrotas como estas, sendo em partidas oficiais ou não. "Eu não tenho 17 anos mais", respondeu ele. "Derrotas são aceitáveis, desde que eu tenha me empenhado. Bellucci jogou bem, estou feliz por ele. Não estou nem 1% triste, tive a oportunidade de jogar em frente aos fãs brasileiros e saio orgulhoso. Foi um grande evento".

Com um dia a mais de descanso, Federer espera "jogar melhor" contra Tsonga, no sábado, e contra o alemão Tommy Haas, 21º do ranking, no domingo. Ele disse que até essas exibições provavelmente estará mais adaptado ao fuso horário e menos cansado devido à viagem e à agenda lotada dos últimos dias - ele chegou a São Paulo na última terça-feira e desde então participou de vários eventos de patrocinadores.

Bellucci já volta à quadra nesta sexta, quando se preocupará com "dois golpes muito perigosos" de Tsonga: o forehand e o saque. "Estou treinando quase há uma semana e (a turnê) serve como pré-temporada. Estou me sentindo motivado e é mais uma grande oportunidade de jogar dentro de casa contra um grande jogador", disse ele, que, assim como ocorre diante de Federer, nunca bateu o francês pelo circuito profissional. Atualmente 33º colocado do ranking, o brasileiro tem como objetivo entrar no top 20 em 2013.Veja o retrospecto dos confrontos oficiais entre Bellucci e Tsonga:

Tsonga v. Bellucci - 6/3 e 7/6 (7-3) - segunda rodada do ATP 250 de Winston-Salem - quadra dura
Tsonga v. Bellucci - 6/7 (5-7), 6/4 e 6/4 - primeira rodada da Olimpíada de Londres 2012 - grama

Confira a programação das exibições no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo:

7 de dezembro
19h30: Maria Sharapova (RUS) x Caroline Wozniacki (DIN)
Não antes das 21h30: Thomaz Bellucci (BRA) x Jo-Wilfried Tsonga (FRA)

8 de Dezembro
19h30: Serena Williams (EUA) x Victoria Azarenka (BLR)
Não antes das 21h30: Roger Federer (SUI) x Jo-Wilfried Tsonga (FRA)

9 de Dezembro
16h: Thomaz Bellucci (BRA) x Tommy Robredo (ESP)
Não antes das 18h: Roger Federer (SUI) x Tommy Haas (ALE)

Bellucci teve que cansar em partida de exibição para vencer Federer
Bellucci teve que cansar em partida de exibição para vencer Federer
Foto: Bruno Santos / Terra
Fonte: Terra
publicidade