0
ATP

Djokovic esgota produção de 2013 do queijo mais caro do mundo

10 dez 2012
08h57
atualizado às 09h17
  • separator

Número um do ranking mundial, Novak Djokovic tem interesses além do tênis. O astro montou recentemente uma cadeia de restaurantes em seu país natal, a Sérvia, e para torná-los ainda mais exclusivos, segundo a imprensa britânica, o tenista comprou toda a produção de 2013 do queijo mais caro do mundo. Que é feito a partir de leite de burra.

» Confira 31 recordes da carreira de Federer

O pule, nome que significa "potro" em sérvio, é produzido por encomenda em uma fazenda na região de Zasavica, no norte do país. São usados cerca de 100 burros nativos da região dos Bálcãs para manufaturar o queijo.

O motivo de o laticínio ser tão caro é a dificuldade em sua produção. São necessários 25 litros de leite de burra para produzir apenas um quilo de queijo, que é vendido por entre R$ 2600 a R$ 3000. A iguaria ainda é baixa em gordura e bastante hipoalérgica.

Segundo Slobodan Smici, responsável pela produção do pule,, a fazenda consentiu em vender toda a sua produção para Djokovic porque o tenista é um grande embaixador do item, e a compra é um voto de confiança para o laticínio que produzem.

Djokovic esgotou a produção do queijo mais caro do mundo, que é feito com leite de burra
Djokovic esgotou a produção do queijo mais caro do mundo, que é feito com leite de burra
Foto: Getty Images

Veja também:

Veja os maiores campeões das ligas nacionais por país
Fonte: Terra
publicidade