0
ATP

Embora confiante, Bruno Soares espera pedreira na final de Tóquio

6 out 2012
17h45
atualizado às 18h42

A sequência de sete vitórias seguidas nas últimas semanas, acumuladas entre as disputas do ATP 250 de Kuala Lampur, na Malásia, e do ATP 500 de Tóquio, no Japão, deixam o brasileiro Bruno Soares confiante para a disputa da final do torneio de duplas japonês, que acontece na madrugada deste domingo.

Sérvio Novak Djokovic cumprimenta o alemão Florian Mayer após vitória por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/4, pelas semifinais do ATP 500 de Pequim
Sérvio Novak Djokovic cumprimenta o alemão Florian Mayer após vitória por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/4, pelas semifinais do ATP 500 de Pequim
Foto: Getty Images

Para chegar à decisão, Bruno e o seu parceiro Alexander Peya derrotaram na manhã deste sábado a dupla formada pelo tcheco Tomas Berdych e pelo sérvio Nenad Zimonjic, por 2 sets a 0, com duplo de 6/4, em 1 hora e 17 minutos de jogo.

"Fizemos um jogo muito bom de novo. Estávamos afiadíssimos e jogamos nosso melhor o tempo inteiro, foi nosso melhor jogo até agora. O primeiro saque teve um ótimo aproveitamento e isso acabou nos ajudando muito, assim como as devoluções e a agressividade", disse Bruno.

Na final, Soares/Peya terá pela frente outro tcheco, Radek Stepanek, que joga em dupla com o indiano Leander Paes e são os favoritos para a conquista do título em terras nipônicas. "Será mais uma pedreira, eles estão jogando muito bem no torneio, mas estamos confiantes e vamos buscar fazer a nossa parte novamente", concluiu.

Na última semana, Bruno conquistou o ATP 250 de Kuala Lampur, o oitavo título da sua carreira, o primeiro em parceria com Peya. Também em 2012, o brasileiro conquistou a taça do Aberto dos Estados Unidos nas duplas mistas, em que competiu ao lado da russa Ekaterina Makarova.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade