publicidade
23 de fevereiro de 2014 • 18h57 • atualizado em 23 de Fevereiro de 2014 às 21h15

Nadal vence final contra Dolgopolov e conquista Rio Open

 

O espanhol Rafael Nadal permanece invicto em torneios da ATP disputados no Brasil. Na tarde deste domingo, o número 1 do ranking mundial conquistou o título da primeira edição do Aberto do Rio de Janeiro ao vencer o ucraniano Alexandr Dolgopolov com parciais de 6/3 e 7/6 (7-3).

Em sua primeira experiência no País, Nadal, então com apenas 18 anos, conquistou o Aberto do Brasil, disputado na Costa do Sauípe. Como no ano passado repetiu o título, com o evento já realizado em São Paulo, o espanhol acumula um total de 14 partidas de invencibilidade.

Com o triunfo alcançado na noite deste domingo, Rafael Nadal ainda aumenta sua já confortável vantagem sobre Alexandr Dolgopolov no confronto direto. Em cinco encontros desde a temporada de 2010, o tenista espanhol não perdeu nem sequer um set.

O ATP 500 do Rio de Janeiro marcou o retorno de Nadal às quadras após se recuperar de uma lesão nas costas sofrida na campanha que culminou com o vice-campeonato da última edição do Aberto da Austrália, vencido pelo suíço Stanislas Wawrinka, em janeiro.

Rafael Nadal comemora vitória na final do Rio Open
Foto: Daniel Ramalho / Terra

Protagonista de uma grande temporada em 2013, o espanhol começa o ano embalado. Antes de levantar o troféu no Rio de Janeiro, além do vice-campeonato no primeiro Grand Slam da temporada, ele bateu o francês Gael Monfils na decisão do ATP 250 de Doha.

Aos 27 anos, Nadal acumula um total de 62 títulos e mais 26 vice-campeonatos em simples. Com nada menos que 13 Grand Slams no currículo, um a menos que o norte-americano Pete Sampras, ele é candidato a bater o recorde do suíço Roger Federer (17).

Se Nadal conquistou todos os três torneios que disputou no Brasil, Dolgopolov perdeu uma final no País pela segunda vez na carreira, já que caiu diante do espanhol Nicolas Almagro na decisão do Aberto do Brasil 2011. Aos 25 anos, o ucraniano contabiliza quatro vices e dois títulos, o último conquistado em 2012.

Este foi o terceiro título conquistado por Nadal no Brasil
Foto: Daniel Ramalho / Terra
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva