7 eventos ao vivo

Tênis

Final da Copa Davis na Bélgica terá segurança reforçada

Mark Runnacles / Getty Images
23 nov 2015
15h20
atualizado às 16h02
  • separator
  • 0
  • comentários

A Bélgica reforçará as medidas de segurança para a final da Copa Davis, que será disputada neste fim de semana em Gent, entre Bélgica e Grã-Bretanha, dada a ameaça terrorista no país, que alcança o nível máximo em Bruxelas, anunciou nesta segunda-feira a organização.

Em comunicado, a Federação de Tênis da Bélgica (FRBT) e a Federação Internacional de Tênis (FIT) anunciaram que se proibirá o acesso ao recinto com mochilas e bolsas e que também não será possível entrar com bebidas ou comida.

As medidas de segurança serão reforçadas em todas as entradas da Flanders Expo, local onde será disputada a final da Davis, e os controles serão "mais longos que o habitual".

Estas inspeções serão aplicadas tanto a funcionários como a espectadores, segundo informou a organização.

Os organizadores também anunciaram que não serão vendidas entradas no local, já que se esgotaram todos os ingressos para o evento, razão pela qual o acesso ao recinto será possível apenas para as pessoas que os tenham comprado previamente.

Por sua parte, a equipe britânica de Copa Davis, liderada pelo escocês Andy Murray, atrasou em um dia sua viagem à Bélgica devido ao nível de alerta máximo na região de Bruxelas perante um possível atentado terrorista.

Estas medidas foram adotadas em decorrência da situação na Bélgica, em nível 3 por alerta terrorista, e especialmente em Bruxelas, a apenas 56 quilômetros de Gent e que pelo terceiro dia consecutivo o mantém em nível 4.

O risco de atentados fez com que fossem cancelados o jogo do Campeonato Belga entre Lokeren e Anderlecht e o amistoso entre Bélgica e Espanha, que deveria ter sido disputado na terça-feira passada.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade