0

Com Clezar classificado, challenger do Rio de Janeiro terá final Brasil x Argentina

23 jan 2016
20h39
  • separator
  • comentários

Após passar pelo eslovaco Andrej Martin, o gaúcho Guilherme Clezar enfrentou o espanhol Hidalgo Ramirez em jogo válido pela semifinal do Challenger no Rio de Janeiro. O brasileiro não encontrou muitas dificuldades contra o experiente tenista de 38 anos, e o número 5 do ranking brasileiro venceu por 2 sets a 0 (6/3 e 6/3).

Em primeiro set equilibrado, os dois tenistas chegaram a empatar em 3 a 3. Na sequência, Clezar intensificou o ritmo e conseguiu quebrar o saque do espanhol. Sem dar chances ao adversário, o brasileiro fechou em 6/3.

O gaúcho estava inspirado e no segundo set repetiu o placar. Em apenas 30 minutos e com 67% de aproveitamento nos saques, Clezar fechou o segundo set e a partida em dois sets.

Derrota brasileira na outra semifinal - O brasileiro Thiago Monteiro teve mais dificuldades que seu compatriota e não avançou à decisão. Enfrentando o argentino Facundo Bagnis, o número 11 no ranking brasileiro até conseguiu salvar duas quebras, porém não foi o suficiente para evitar a derrota no primeiro set por 6/3.

O brasileiro começou o segundo set à frente, e conseguiu manter a vantagem. Monteiro teve chance de quebrar o saque do argentino e fechar o set, porém, não teve êxito. Logo em seguida, o cearense confirmou o serviço e fechou o segundo set em 6/3.

O terceiro set começou com muito equilibro e nenhum dos atletas se distanciavam no placar. Bagnis conseguiu quebrar o serviço de Monteiro e abriu dois games de vantagem. Confirmando o saque, o argentino finalizou o terceiro set também em 6/3 e se classificou para a final do Challenger.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade