1 evento ao vivo

Bellucci lamenta "azar" em sorteio, mas fala em surpreender EUA

19 set 2012
12h13

De volta ao Grupo Mundial da Copa Davis pela primeira vez desde 2003, o Brasil teve "azar" no sorteio realizado nesta quarta-feira, em Londres, que colocou a equipe para visitar os Estados Unidos na abertura da competição de 2013. Essa é a opinião do tenista número 1 do Brasil e 41 do mundo, Thomaz Bellucci.

» Veja fotos e vote na mais bela tenista do US Open
» Veja as 50 melhores fotos do US Open
» Confira o visual das tenistas do US Open

"Demos azar, não foi o sorteio que esperávamos, mas temos que acreditar e surpreendê-los", afirmou Bellucci.

O Brasil superou a Rússia por 5 a 0 no último fim de semana, na repescagem do Grupo Mundial, no saibro de São José do Rio Preto, contando com duas vitórias do jogador em simples. Rogério Dutra Silva também ganhou duas partidas, enquanto que Marcelo Melo e Bruno Soares conseguiram o êxito nas duplas.

Em 2013, o País enfrentará os EUA na primeira rodada da elite da competição. Os americanos terão o direito a escolher a cidade e o tipo de piso em que o confronto será realizado, entre os dias 1º e 3 de fevereiro.

"Com certeza será um confronto muito duro e eles são os favoritos, logicamente, pois vão jogar em casa, escolher o piso, fizeram semifinal neste ano e estão com um time bastante estruturado", disse Bellucci. "O (John) Isner e os irmãos Bryan estão passando por um bom momento, mas nossa equipe está coesa, unida e isso, em Copa Davis, pode fazer a diferença", completou.

Atualmente o melhor tenista dos EUA, Isner ocupa o décimo lugar do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) na modalidade. Em duplas, os gêmeos Mike e Bob Bryan lideram a lista da mesma entidade. Mardy Fish (número 22 do mundo em simples), Sam Querrey (26) e Ryan Harrison (55) também defenderam a equipe dirigida por Jim Courier nesta temporada, em campanha encerrada na semifinal, no último fim de semana, com derrota por 3 a 1 para a Espanha, no saibro de Gijón.

Capitão do Brasil na Copa Davis, João Zwetsch fez uma análise semelhante à de Bellucci ao considerar "duro" o confronto fora de casa. "Mas acredito que, se nos prepararmos bem novamente, podemos surpreendê-los", disse o técnico.

Na história do torneio entre nações, Brasil e EUA se enfrentaram quatro vezes, com três vitórias para os americanos. O time verde e amarelo triunfou em 1966, quando atuou em Porto Alegre com Thomaz Koch e José Edison Mandarino, e foi derrotado em 1932 (em Forest Hills), 1957 (em Boston) e 1997 (Ribeirão Preto).

Após vencer duas partidas contra Rússia, Bellucci lamentou sorteio da Copa Davis de 2013
Após vencer duas partidas contra Rússia, Bellucci lamentou sorteio da Copa Davis de 2013
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade