1 evento ao vivo

Berdych decepciona Maradona, bate argentino e leva R. Checa à final

16 set 2012
13h43
atualizado às 15h57

O checo Tomas Berdych, sexto do ranking, decepcionou o torcedor Diego Maradona, que esteve no Parque Roca, em Buenos Aires para assistir à semifinal da Copa Davis, e venceu o argentino Carlos Berlocq, por 3 a 0, com parciais de 6/3, 6/3 e 6/4. Desta forma, a República Checa faz 3 a 1 sobre a Argentina e está na final da competição pela segunda vez desde que se separou da Eslováquia, em 1993.

» Veja fotos e vote na mais bela tenista do US Open
» Veja as 50 melhores fotos do US Open
» Confira o visual das tenistas do US Open

Berlocq, 45º melhor tenista do mundo, substituiu Juan Martin Del Potro. O oitavo da ATP foi aconselhado a não jogar a semifinal da Davis, mas superou as dores e venceu Radek Stepanek na sexta-feira. No entanto, acabou agravando a lesão e precisou abandonar o torneio.

Juan Monaco teve a oportunidade de dificultar a vida da República Checa. Chegou a abrir 2 a 1 sobre Berdych na sexta-feira e levou a virada. Nas duplas, Stepanek e o sexto do mundo ganharam de Berlocq e Eduardo Schwank.

Agora, a República Checa encontra a Espanha novamente na final. Em 2009, foram derrotados pelo time de Rafael Nadal por 5 a 0, mas desta vez o canhoto está machucado e dificilmente vai atuar. A Checoslováquia conquistou o título de 1980 e foi derrotada pela Suécia em 1975.

Segundo melhor espanhol ranqueado, David Ferrer leva vantagem nos confrontos diretos contra Berdych (5 a 3) e Stepanek (6 a 3). O principal checo tem mais vitórias que derrotas contra Nicolas Almagro: 7 a 3. Almagro, 12º do ranking, jogou três vezes contra Stepanek e perdeu duas.

Em Buenos Aires, Maradona foi espectador da semifinal da Copa Davis, mas viu a derrota da Argentina
Em Buenos Aires, Maradona foi espectador da semifinal da Copa Davis, mas viu a derrota da Argentina
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade