4 eventos ao vivo

Com apoio da torcida, Berdych bate Almagro e empata final da Davis

16 nov 2012
20h42
atualizado às 21h02

Diante de uma barulhenta torcida em Praga, na República Checa, o checo Tomas Berdych, atual número seis do ranking da ATP, empatou a final da Copa Davis contra a Espanha. O tenista da casa venceu o espanhol Nicolas Almagro, número 11 do mundo, por 3 sets a 2, parciais de 6/3, 3/6, 6/3, 6/7 (5-7) e 6/4. Foi a primeira vitória para os checos na grande decisão da competição.

Mais cedo, antes do duelo entre Berdych e Almagro, o espanhol David Ferrer havia atropelado o checo Radek Stepanek por 3 sets a 0 (6/3, 6/4 e 6/4), dando a vantagem para os espanhóis no confronto. Com a vitória de Berdych, a decisão ficará para após o duelo entre as duplas.

O duelo entre Almagro e Berdych é marcado historicamente por polêmicas entre os dois tenistas. Em janeiro de 2012, durante o Australian Open, o checo levou uma bolada do espanhol, que pediu desculpas, não aceitas por Berdych. Após vencer o confronto, que era válido, pelas oitavas de final do torneio, o atual número seis do mundo recusou-se a cumprimentar o adversário e deixou a quadra vaiado.

Já antes da final da Copa Davis, Berdych provocou Almagro, afirmando que o tenista espanhol era o ponto fraco dos rivais e que a República Checa deveria jogar as chances de título em cima dele. Nesta sexta, os dois se estranharam em uma das trocas de lado. Com a vitória pela Davis, o checo agora tem nove vitórias contra três do espanhol no confronto histórico entre ambos. Apenas em 2012 foram cinco vitórias de Berdych contra apenas uma de Almagro.

O primeiro set do duelo desta sexta transcorreu sem quebras de saque até o oitavo game, quando Tomas Berdych passou a atacar mais o espanhol e conseguiu levar o game no serviço do adversário. Bastou ao checo confirmar o saque para fechar a primeira parcial em 6/3. No segundo set, os papéis foram invertidos: foi o espanhol quem conseguiu uma quebra no fim para fechar a parcial em 6/3.

Ambos os tenistas voltaram para o terceiro set mais incisivos nos saques dos adversários. Após quase sofrer uma quebra no primeiro game, Berdych, contando com os gritos da fanática torcida checa, quebrou o espanhol já no segundo game da parcial. A vantagem deu segurança ao tenista checo, que fechou o sei em 6/3 para fazer 2 a 1 no duelo.

Na volta para o quarto set, Berdych conseguiu uma quebra logo no início para ficar perto da vitória, mas viu o adversário deixar tudo igual no sexto game. A parcial foi para o tie-break, vencido pelo espanhol por 7-5. Já no último e decisivo set, Almagro quebrou uma vez, mas o checou conseguiu duas quebras para levar a parcial em 6/4 e o jogo em 3 a 2.

Tenista checo sofreu, mas contou com apoio da torcida local para deixar final em 1 a 1
Tenista checo sofreu, mas contou com apoio da torcida local para deixar final em 1 a 1
Foto: Getty Images
Fonte: Terra
publicidade