0

Fora da Davis, Feliciano López reclama: "é difícil entender"

15 nov 2012
15h55
atualizado às 17h55

A opção do capitão Alex Corretja por Nicolás Almagro para a decisão da Copa Davis desagradou Feliciano López. Certo que estaria entre os convocados para a grande final, o tenista dssse não entender a decisão de Corretja, argumentando que o piso rápido escolhido pelos tchecos é o ideal para o seu estilo de jogo.

Feliciano López achou que ficaria com a vaga de Almagro
Feliciano López achou que ficaria com a vaga de Almagro
Foto: AP

"Eu aceito, porque ele é o responsável por escolher quem quiser. Mas sou eu que tenho o melhor jogo e melhor me adapto a esse tipo de superfície. Eu me via jogando. Pelo nível técnico, é muito difícil entender", reclamou.

Na terça, o principal tenista da equipe da República Checa, Tomas Berdych, havia dito que tinha certeza de que López seria um dos escalados, chegando a provocar Almagro, a quem chamou de "ponto fraco" dos espanhóis.

"Todos na equipe, inclusive na da República Checa, pensavam que eu iria jogar. Pergunte ao Berdych quem ele não gostaria de ter como adversário. Se havia alguém para derrotá-lo neste piso era eu. Esta quadra é ideal para o meu jogo", dispara o número 40 do mundo.

Apesar das declarações polêmicas, López mostrou resignação com a opção de Corretja por sua ausência na equipe titular da Espanha. "Ele que decide, ele é o capitão. É uma decisão dura, mas acato sua escolha", conclui.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade