0

Marcelo Melo e Bruno Soares aguardam mudança em dupla russa

14 set 2012
09h00
atualizado às 09h50

Na teoria, o confronto de duplas entre Brasil e Rússia pelos playoffs do Grupo Mundial da Copa Davis, no sábado, terá de um lado Bruno Soares e Marcelo Melo e do outro Alex Bogomolov Jr. e o jovem Stanislav Vovk. Mas os integrantes da parceria nacional acreditam que a escalação da revelação russa é apenas uma estratégia do capitão Shamil Tarpischev, que deve substituí-lo por Igor Andreev antes do duelo.

Marcelo Melo e Bruno Soares forma a 25º melhor dupla do mundo
Marcelo Melo e Bruno Soares forma a 25º melhor dupla do mundo
Foto: João Pires / Divulgação

» Veja fotos e vote na mais bela tenista do US Open
» Veja as 50 melhores fotos do US Open
» Confira o visual das tenistas do US Open

Apesar das escalações dos times e o sorteio dos confrontos ocorrer na quinta-feira, um dia antes do início dos embates em quadra, os capitães das equipes da Davis podem trocar seus escolhidos até uma hora antes do início de cada partida.

"Vão jogar Bogomolov e Andreev, a não ser que alguma coisa esquisita aconteça na sexta, como um jogo muito longo", avaliou Bruno Soares, referindo-se ao dia de jogos de simples, que abre o duelo entre os dois países.

Igor Andreev entra em quadra às 15h (de Brasília) contra Rogério Dutra Silva, no jogo inaugural do confronto. "Não conheço o outro jogador deles, posso estar falando algo que não sei, nunca o vi jogar. Não sei de nada, mas acredito que tem uma boa chance de eles mudarem esse time", completou.

Com mudanças ou não de escalação, a dupla brasileira é favorita no duelo. Ex-parceiros regulares, Soares e Melo estão entre os 25 melhores do mundo na modalidade e, mesmo com o afastamento, ainda mostram entrosamento. Além do último confronto da Davis, contra a Colômbia, eles disputaram juntos a Olimpíadas de Londres 2012 e chegaram até as quartas de final, caindo apenas diante dos franceses Michael Llodra e Jo-Wilfried Tsonga.

Separados, os brasileiros também podem olhar com satisfação para seus resultados da temporada. Soares foi campeão da chave de duplas mistas do Aberto dos Estados Unidos, ao lado da russa Ekaterina Makarova, e chegou às quartas de final do torneio masculino, em parceria com Alexander Peya. Já Melo ocupa a 19ª colocação do ranking mundial, apenas um posto atrás do melhor de sua carreira.

"O importante é que a gente vem jogando bem individualmente e jogando bem juntos. Então acho que se a gente focar no nosso jogo e conseguir os mesmos resultados, independente da dupla deles, tem boas chances de dar um ponto para o Brasil", avaliou Marcelo Melo.

Dependendo dos resultados de sexta-feira, uma vitória no jogo de duplas de sábado pode significar o retorno do Brasil ao Grupo Mundial da Copa Davis. Para isso, Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci precisam vencer seus jogos de simples, contra Igor Andreev e Teymuraz Gabashvili, respectivamente e abrir 2 a 0 no confronto. Desse modo, o País necessitaria apenas de mais uma vitória no duelo com a Rússia. Nos últimos seis anos, o Brasil alcançou os playoffs da competição e foi derrotado.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade