3 eventos ao vivo

Melo/Soares vence e Brasil volta à elite da Copa Davis após 10 anos

15 set 2012
17h56
atualizado às 18h31

Depois de dez anos, o Brasil finalmente está de volta ao Grupo Mundial da Copa Davis. A dupla Marcelo Melo/Bruno Soares venceu os russos Alex Bogomolov Jr/Teimuraz Gabashvili neste sábado, em São José do Rio Preto, com parciais de 7/5, 6/2 e 7/6 (9-7) e fecharam o confronto. Na sexta, Rogerinho e Thomaz Bellucci foram os responsáveis por garantir os outros dois pontos do time nacional.

» Veja fotos e vote na mais bela tenista do US Open
» Veja as 50 melhores fotos do US Open
» Confira o visual das tenistas do US Open

Melo e Soares, que atuavam juntos até ano passado, começaram muito bem a partida e chegaram a abrir 5/1 no primeiro set. A partir daí, os brasileiros quase se complicaram e deixaram os russos devolverem os dois break points que haviam sofrido. Contudo, Alex Bogomolov Jr e Teimuraz Gabashvili voltaram a errar no 11º game e foram quebrados novamente. No serviço, Marcelo Melo foi eficiente e fechou a parcial em 7/5 a favor do Brasil.

O segundo set foi quase um repeteco do primeiro, com Melo/Soares abrindo 5/1. No entanto, desta vez os brasileiros não bobearam e fecharam a parcial em 6/2.

No terceiro set, Bruno Soares chegou a pedir atendimento médico e recebeu massagem na coxa, mas não apresentou queda em seu rendimento. Equilibrada, a parcial não teve nenhuma quebra e foi decidida apenas no tie-break. A experiência da dupla brasileira falou mais alto, fechando o desempate em 9-7.

Com a vitória, o Brasil volta à elite do tênis, onde não figurava desde 2003. Na ocasião, a equipe liderada por Gustavo Kuerten perdeu para a Suécia na primeira rodada. Desde então, o selecionado brasileiro acumulou derrotas para times como Canadá, Suécia, Áustria, Equador, Índia e a própria Rússia, em 2011, quando Thomaz Bellucci teve dois match points diante de Mikhail Youzhny para classificar o País ao Grupo Mundial.

O sorteio que define o adversário do Brasil em seu retorno à elite do tênis será realizado na próxima quarta-feira. Como está retornando ao Grupo Mundial, o time brasileiro enfrenta obrigatoriamente uma equipe que chegou às quartas de final da atuação edição da Copa Davis.

Se o sorteio colocar o Brasil diante de Espanha, República Checa, Croácia ou Áustria, a equipe nacional joga em casa. Eventuais duelos com Estados Unidos, Argentina e França acontecerão nos domínios dos adversários. Caso enfrente a Sérvia, a sede dos duelos será decidida em um sorteio, uma vez que ambos nunca se enfrentaram pela competição.

Brasil não disputava o Grupo Mundial desde 2003
Brasil não disputava o Grupo Mundial desde 2003
Foto: Luiz Pires/Vipcomm / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade