2 eventos ao vivo

Del Potro vence Djokovic e encara Nadal na final de Indian Wells

16 mar 2013
23h25
atualizado às 23h29

O argentino Juan Martín del Potro disputou uma partida emocionante e precisou de 2h50min para superar, neste sábado, o sérvio Novac Djokovic, número 1 do mundo, por 2 sets a 1 (4-6, 6-4 e 6-4), se classificando para a final do Masters 1000 de Indian Wells, em que enfrentará o espanhol Rafael Nadal.

Nadal venceu hoje o tcheco Tomas Berdych por 2 sets a 0 (6-4 e 7-5).

Del Potro é o segundo argentino a chegar a uma final de Indian Wells, após Guillermo Vilas (1979, quando perdeu para Brian Gottfried). O único tenista sul-americano que venceu o torneio foi o chileno Marcelo Ríos (1998, contra Greg Rusedski).

Djokovic teve sua invencibilidade (22 vitórias) quebrada. O tenista não perdia desde o Masters de París Bercy, contra o americano Sam Querrey na segunda rodada. O número 1 do mundo conquistou neste ano o aberto da Austrália (contra Andy Murray) e Dubai (vencendo Tomas Berdych).

O sérvio, após perder para Del Potro na disputa da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, tinha vencido os últimos jogos contra o argentino. Com a partida de hoje, o confronto direto entre ambos está em oito vitórias para Djokovic e três para Del Potro.

A partida foi bastante equilibrada. A igualdade prevaleceu durante o primeiro set. Djokovic teve chances de quebrá-la com dois break-points, mas o argentino conseguiu salvá-los. Apesar da reação do argentino, o set foi vencido pelo sérvio que finalmente conseguiu quebrar o serviço.

O segundo set começou empolgante. Após três quebras de saques consecutivas (duas do argentino e uma do sérvio), Del Potro abriu 3 a 1 e dominou o restante do set com jogadas rápidas e precisas do fundo da quadra, vencendo por 6 a 4.

No set decisivo, Del Potro reagiu de forma heroica após estar perdendo por 3 a 0. O argentino teve forças para conseguir uma nova virada, com direito a quebra de serviço no nono game, enquanto Djokovic se afundava em seus próprios erros. Del Potro fechou a partida com um ace espetacular no ponto final e demonstrou estar muito perto de seu melhor nível.

Esta é a segunda final de um Masters 1000 para o argentino e a primeira desde 2009, quando foi derrotado na Rogers Cup de Montreal por Andy Murray. Um mês depois conquistou seu primeiro título de Grand Slam, o US Open, vencendo Roger Federer.

Juan Martín del Potro busca seu segundo título na temporada após a conquista do torneio de Roterdã no mês passado.

EFE   
publicidade