0

Tênis

Djoko derrota Nadal e espera suíço por revanche e título

Julian Finney / Getty Images
21 nov 2015
13h48
atualizado às 14h10
  • separator
  • 0
  • comentários

Sem sustos, o sérvio Novak Djokovic conseguiu lugar na decisão do ATP Finals de Londres mais uma vez. No início da tarde deste sábado, ele dominou o confronto com o espanhol Rafael Nadal e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/3, para avançar no torneio disputado na capital inglesa.

Djokovic joga em Londres para conquistar seu quarto título consecutivo do evento que reúne os oito melhores jogadores da temporada. Campeão em 2014, 2013 e 2012, ele também levou o troféu em 2008 e busca seu quinto triunfo para se igualar a Pete Sampras e Ivan Lendl, outros tenistas que já atingiram o feito. O recordista de títulos do Finals é Roger Federer, hexacampeão.

No duelo deste sábado diante de Nadal, o tenista sérvio mostrou toda sua eficiência. Começou em ritmo arrasador e logo abriu 3-0 no primeiro set. A partir daí, precisou apenas controlar a vantagem para levar a parcial inicial. Na segunda, teve mais dificuldades, mas conseguiu duas quebras de serviço para liderar o placar até fazer 6/3 e garantir a vaga na final.

Resultado empata em 23 vitórias para cada lado na história de Djokovic x Nadal
Resultado empata em 23 vitórias para cada lado na história de Djokovic x Nadal
Foto: Julian Finney / Getty Images

O embate entre Djokovic e Nadal é o mais repetido na história da Era Aberta do tênis e agora está empatado. Foram 46 partidas, com 23 vitórias para cada lado.

Na decisão em Londres, o sérvio terá a chance de obter revanche diante de um jogador suíço. Seu adversário sai do duelo entre os compatriotas Roger Federer e Stanislas Wawrinka, responsáveis pela maioria das poucas frustrações de Djokovic em toda a temporada.

O líder do ranking mundial chega à final com 81 vitórias e apenas seis derrotas em toda a temporada. Três destas derrotas foram para Federer. O suíço triunfou na final do ATP 500 de Dubai, na final do Masters 1000 de Cincinnati e na fase de grupos do próprio ATP Finals. O revés mais sentido por Djokovic em todo o ano, no entanto, foi para Stanislas Wawrinka.

Beckham levou os filhos ao duelo Djokovic x Nadal em Londres
Beckham levou os filhos ao duelo Djokovic x Nadal em Londres
Foto: Julian Finney / Getty Images

Eles se enfrentaram na decisão de Roland Garros, único torneio de Grand Slam que o sérvio ainda não conquistou na carreira. Djokovic chegou a vencer o primeiro set, mas acabou levando a virada em Paris e foi derrotado por 3 sets a 1, vendo mais uma vez se esvaírem as chances de títulos na capital francesa.

As outras derrotas do sérvio no ano foram para o britânico Andy Murray, na final do Masters 1000 de Montreal, e para o croata Ivo Karlovic, nas quartas de final do ATP 250 de Doha. O torneio no Catar foi o primeiro disputado por Djokovic na temporada e o único que ele não alcançou a final.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade