0

Djokovic bate Murray com facilidade e é finalista nos EUA

21 mar 2015
16h50
atualizado às 19h03
  • separator
  • 0
  • comentários

O descanso nas quartas de final do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, fez bem a Novak Djokovic. Após não entrar em quadra na fase anterior, já que o australiano Bernard Tomic, seu adversário, se lesionou, o sérvio não teve dificuldades para superar o britânico Andy Murray - cabeça de chave 4 - na semifinal e alcançar a final do torneio. O número 1 do ranking da ATP bateu o escocês por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3, neste sábado, em 1h29 de duelo.

Djokovic teve um grande início na partida. O sérvio conseguiu obter duas quebras vindas de Murray. Depois, o número 1 do mundo também não confirmou seu serviço, mas deu o troco no britânico logo em seguida, triunfando por 6/2 em 38 minutos de disputa.

Djokovic vibra com vitória sobre Murray
Djokovic vibra com vitória sobre Murray
Foto: Julian Finney / AFP

Precisando da vitória para forçar um terceiro set, Murray teve um péssimo começo na parcial, cedendo uma quebra logo no primeiro game da segunda etapa. Com isso, Djokovic não teve dificuldades. O sérvio precisou de quatro match-points para fechar a partida em 6/3.

Favorito ao título, Djokovic defende o troféu que conquistou no ano passado. Além da taça levantada em 2014, o sérvio também triunfou nas edições de 2008 e 2011 do Masters 1000 de Indian Wells. Na decisão, ele pegará Roger Federer, que venceu o canadense Milos Raonic por 2 sets a 0.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade