0

Djokovic e Wawrinka estreiam com vitórias arrasadoras no ATP Finals

10 nov 2014
20h12
atualizado às 20h50

O sérvio Novak Djokovic, número um do mundo, e o suíço Stanislas Wawrinka (N.4) estrearam em grande estilo no ATP Finals ao massacrar por duplo 6-1 o croata Marin Cilic e o tcheco Tomas Berdych, respectivamente, nesta segunda-feira em Londres.

As duas partidas foram decididas exatamente pelo mesmo placar, em menos de uma hora, sendo que Djokovic foi um pouco mais rápido, levando dois minutos a menos do que Wawrinka para garantir a vitória (56 minutos contra 58 do suíço).

No torneio que reúne os oito melhores tenistas do ano, é muito raro ver partidas vencidas com tanta facilidade.

Com o triunfo sobre o atual campeão do US Open, o sérvio ficou mais perto de garantir que terminará o ano na liderança do ranking. Se vencer as duas próximas partidas, contra Berdych e Wawrinka, 'Nole' não poderá mais ser alcançado pelo suíço Roger Federer.

Mesmo se Djokovic tropeçar, o suíço ainda precisaria ser campeão em Londres e ganhar todas as suas partidas na final da Copa Davis, que disputará contra a França, dos dias 21 a 23 de novembro.

Mais cedo, Wawrinka mostrou que deixou para trás os péssimos resultados que obteve nas últimas semanas e calou os críticos ao humilhar Berdych.

Atual campeão do Aberto da Austrália, o número quatro do mundo teve altos e baixos nesta temporada e foi eliminado logo na sua estreia nos torneios de Tóquio, Xangai e Basileia, antes de vencer apenas um jogo no Masters 1000 de Paris.

"Não esperava vencer com tanta facilidade, mas eu estava preparado. Trabalhei duro durante toda a semana passada. Por mais que não tenha obtido os resultados desejados em Paris e na Basileia, tinha boas sensações nos treinos", comemorou Wawrinka.

Esta vitória dá muita confiança à equipe suíça da Copa Davis, já que na véspera, Federer também estreou com pé direito no torneio, ao superar o canadense Milos Raonic com autoridade, por 6-1 e 7-6 (7/0).

Na Arena de Londres, Wawrinka não deu a menor chance a Berdych, que foi lento em quadra e cometeu nada menos de vinte erros não forçados (contra 11 do suíço).

Stan', que disputa o ATP Finals pela segunda vez na sua carreira, foi muito eficiente no saque e incomodou muito o tcheco ao colocar muito efeito nas bolas.

O suíço mostrou uma impressionante variação de golpes, enquanto o adversário apostava apenas na força e errava demais na pontaria.

"Saquei muito bem, fui bem nas devoluções e coloquei ele sob pressão ao pegar na bola rápido, sem deixar quicar muito. Ele era obrigado a arriscar. Quando me sinto bem em quadra como hoje, posso derrotar qualquer um".

"Foi meu pior jogo da temporada, e, infelizmente, aconteceu no ATP Finals. Nada funcionou hoje, me senti mal desde o início", admitiu o Berdych.

No torneio de duplas, os dois representantes brasileiros estrearam com vitória. Bruno Soares e seu parceiro austríaco Alexander Peya venceram o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau por 6-3, 3-6 e 7-6 (12/10).

Na véspera, Marcelo Melo, que joga com o croata Ivan Dodig, derrotou por 6-3 e 7-5 o veterano canadense Daniel Nestor e o sérvio Nenad Zimonjic.

A maior surpresa do dia foi a derrota por 7-6 (7/3) e 6-3 da dupla número um do mundo, formada pelos gêmeos americanos Bob e Mike Bryan, para o polonês Lukasz Kubot e o sueco Robert Lindstedt.

- Resultados desta segunda-feira no ATP Finals:

Simples masculino - Primeira rodada do grupo A:

Stan Wawrinka (SUI/N.3) x Tomas Berdych (RTC/N.6) 6-1, 6-1

Novak Djokovic (SRV/N.1) x Marin Cilic (CRO/N.8) 6-1, 6-1

- Duplas masculinas - Primeira rodada do grupo A:

Alexander Peya/Bruno Soares (AUT/BRA) x Jean-Julien Rojer/Horia Tecau (HOL/ROM) 6-3, 3-6, 12/10

Lukasz Kubot/Robert Lindstedt (POL/SUE) x Bob Bryan/Mike Bryan (EUA/EUA) x 7-6 (7/3), 6-3

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade