1 evento ao vivo

Com viradas, República Checa faz 2 a 0 na Alemanha da Fed Cup

4 fev 2012
14h16
atualizado às 16h00

Atual campeã da Fed Cup, torneio feminino entre nações, a República Checa teve muito trabalho para abrir vantagem sobre a Alemanha neste sábado. Jogando em Stuttgart, Iveta Benesova e Petra Kvitova perderam os primeiros sets de suas partidas, mas conseguiram virar os jogos e garantiram o placar de 2 a 0 para seu país, no equilibrado duelo.

Kvitova fez jogo parelho com Goerges e deu o segundo ponto às checas
Kvitova fez jogo parelho com Goerges e deu o segundo ponto às checas
Foto: AP

Na primeira partida do dia, a alemã Sabine Lisicki, número 14 do mundo, era favorita contra Benesova e iniciou bem a partida. Apoiada pela torcida, a germânica deu sinais de que não teria dificuldades e venceu o primeiro set por 6/2. Mas a checa mudou de atitude após perder a parcial inicial, virou o placar e venceu: 2 sets a 1, parciais de 2/6, 6/4 e 6/2.

O segundo jogo foi uma batalha entre Julia Goerges, 21ª do mundo, e a atual vice-líder do ranking da WTA, Petra Kvitova. Após cada uma vencer um set, as tenistas duelaram por 18 games na terceira parcial, até que a checa frustrou a torcida e conseguiu o segundo ponto do país com uma vitória por 3/6, 6/3 e 10/8.

As tenistas voltam à quadra neste domingo, para a definição do confronto de quartas de final da Fed Cup. O dia será aberto com o jogo entre Kvitova e Lisicki, que já pode selar a vitória das checas, e terá sequência com o embate de Benesova e Goerges. Se as alemãs vencerem as duas partidas, o classificado sairá no embate entre as duplas dos países.

Schiavone decepciona na Itália

Em outro confronto do Grupo Mundial da Fed Cup, a Itália saiu na frente da Ucrânia, mas viu sua principal tenista no momento permitir o empate das tenistas do Leste Europeu. Sara Errani, embalada pela boa campanha no Aberto da Austrália, superou Katerya Bondarenko por 6/2 e 6/3, mas logo em seguida Lesia Tsurenko, 121ª do mundo, arrasou a ex-top 10 e atual 11ª Francesca Schiavone por 6/2 e 6/1.

No domingo, Schiavone, que vive má fase no circuito, tenta se recuperar diante de Bondarenko, enquanto Tsurenko desafia Errani. Se necessário será jogada a partida de duplas entre Errani e Roberta Vinci contra Olga Savchuk e Yuliya Beygelzimer.

Equilíbrio entre belgas e sérvias

Também em empate terminou o primeiro dia de duelos entre Bélgica e Sérvia, em Charleroi. Em duas partidas bastante parelhas, cada país conseguiu uma vitória e terão que definir o vencedor no domingo.

Ex-número 1 do mundo, Jelena Jankovic teve dificuldades para vencer a belga Kirsten Flipkens, mas aplicou 2 sets a 0 na atual 176ª colocada do ranking por duplo 7/5. Logo em seguida, Yanina Wickmayer tratou de empatar a disputa ao vencer a sérvia Bojana Jovanovski com 6/4 e 6/4.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade