2 eventos ao vivo

Dupla checa vence, encerra tabu na Fed Cup e consagra ano de Kvitova

6 nov 2011
14h52
atualizado às 16h19

Podendo contar com a segunda melhor duplista do mundo, Kveta Peschke, a República Checa não desperdiçou a oportunidade de definir o confronto melhor de cinco com a Rússia por 3 a 2 e conquistar a Fed Cup pela primeira vez após 23 anos. No terceiro e último jogo disputado neste domingo em Moscou, Peschke e Lucie Hradecka superaram as russas Maria Kirilenko e Elena Vesnina por fáceis 6/4 e 6/2, motivando uma grande festa das visitantes.

» Clijsters como namorada do Shrek? Veja 50 sósias do tênis

Embora Peschke e Hradecka tenham conquistado o ponto decisivo para as checas, a grande heróina do duelo foi Petra Kvitova. Atual número dois do mundo, ela terminou o ano da melhor maneira possível, vencendo 12 jogos seguidos para conquistar o WTA Championships (a Copa do Mundo feminina de tênis), o Torneio de Linz e superar tanto Kirilenko quanto Svetlana Kuznetsova na Fed Cup em Moscou.

A temporada da jovem, 21 anos, ficará marcada ainda pela conquista de Wimbledon em julho passado. Desde já, ela se candidata a encerrar o reinado da dinamarquesa Caroline Wozniacki, que jamais conquistou um Grand Slam e tem apenas 115 pontos de vantagem na ponta do ranking mundial.

O domingo na Rússia começou com o placar empatado por 1 a 1 e contou com mais duas partidas de simples. Kvitova bateu Kuznetsova por 4/6, 6/2 e 6/3, enquanto que na sequência Anastasia Pavlyuchenkova manteve as esperanças das mandantes ao superar Lucie Safarorova com parciais de 6/2 e 6/4.

Nas duplas, porém, não houve equilíbrio. Número dois do mundo no ranking da modalidade, Peschke comandou a vitória ao lado de Hradecka, 15 da mesma lista, mas que não atua no circuito da WTA junto à compatriota. Do outro lado da quadra, as russas também tinham tenistas bem colocadas na lista internacional - Kirilenko é a sétima, enquanto que Vesnina a décima, porém elas também costumam formar parceria com outras atletas nos torneios profissionais.

Com a vitória sobre as russas, as checas passam a contabilizar um total de seis títulos na Fed Cup, obtidos em 1984, 1975, 1983, 1985, 1988 e 2011. No entanto, os cinco primeiros campeonatos foram conquistados na época em que a equipe atuava sob a bandeira da Checoslováquia. Na campanha de 1988, o adversário na decisão havia sido curiosamente a União Soviética.

Campeã nas temporadas de 2004, 2005, 2007 e 2008, a Rússia ainda reúne cinco vice-campeonatos, contando com o deste domingo. Além de assegurar o título, as checas desempataram o confronto direito com as rivais e passaram a somar três triunfos em cinco encontros na história do evento.

Com informações da Gazeta Press.

Kveta Peschke e Lucie Hradecka ganharam o ponto decisivo para seu país na final em Moscou, encerrando jejum de 23 anos
Kveta Peschke e Lucie Hradecka ganharam o ponto decisivo para seu país na final em Moscou, encerrando jejum de 23 anos
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade