2 eventos ao vivo

Federer eliminado nas quartas de Roland Garros, Serena avança

4 jun 2013
14h55
atualizado às 15h16

O tenista francês Jo-Wilfried Tsonga, sexto cabeça de chave do Grand Slam de Roland Garros, fez a alegria da torcida parisiense ao eliminar nesta terça-feira o suíço Roger Federer (N.2) nas quartas de final do torneio, enquanto a americana Serena Williams, número um do mundo, sofreu para superar a a russa Svetlana Kuznetsova.

Tsonga venceu com autoridade por 3 sets a 0, com parciais de 7-5, 6-3 e 6-3, em 01h51 de partida. Nas semifinais, enfrentará o espanhol David Ferrer (N.4), que não tomou conhecimento do compatriota Tommy Robredo.

Ferrer, de 31 anos, um mês mais velho do que o adversário, fechou a partida com muita facilidade em 6-2, 6-1 e 6-1. O espanhol ainda não perdeu um set sequer desde o início do torneio.

A vitória de Tsonga sobre um dos grandes favoritos do torneio renova a esperança francesa de ver um tenista da casa levantar o troféu, exatos 30 anos depois do triunfo de Yannick Noah, em 1983.

"Agora queria sair abraçando toda minha família, meus amigos, mas preciso manter o foco para a semifinal, que será muito difícil", comemorou o francês, visivelmente emocionado.

Federer começou bem a partida e chegou a estar vencendo por 4 a 2 no primeiro set, mas em seguida acumulou erros não forçados e foi presa fácil para Tsonga, que, ao contrário de outras ocasiões, mostrou-se muito calmo e determinado.

O suíço perdeu a oportunidade de superar a marca do argentino Guillermo Villas, com quem divide o recorde de vitórias em Roland Garros (58).

"Jo jogou maravilhosamente bem e foi superior em todos os quesitos. Tentei fazer coisas diferentes, mas ele me manteve sob pressão. É uma derrota dura, muito decepcionante, mas agora quero focar em Wimbledon", declarou Federer depois da partida.

Dono de 17 vitórias em torneios Grand Slam, o suíço espera defender seu título em Wimbledon. No ano passado, levantou seu sétimo troféu na grama londrina e voltou a ocupar a número um do mundo, que perdeu no fim da temporada para Djokovic.

Já Serena precisou travar uma batalha de quase duas horas para superar a russa Svetlana Kuznetsova por 2 sets a 1, com parciais de 6-1, 3-6 e 6-3. Ela disputará uma vaga na grande decisão com a italiana Sara Errani (N.5), vice-campeã no ano passado, que venceu a polonesa Agnieszka Radwanska (N.4) em dois sets apertados, com parciais de 6-4, 7-6 (8/6).

Kuznetsova, de 27 anos, campeã de Roland Garros em 2009, caiu para a 39ª posição do ranking da WTA após sofrer várias lesões, mas mostrou contra Serena que se sente em casa no saibro parisiense.

A russa foi atropelada por 6 a 1 pela americana no primeiro set, mas reagiu ao vencer o segundo por 6 a 3 e chegou até a quebrar o saque da adversária no início do terceiro.

A número um do mundo, porém, conseguiu elevar seu nível de jogo para fechar em 6 a 3, depois de 1 hora e 57 minutos luta acirrada.

"Foi muito difícil, estou muito cansada. Svetlana jogou muito bem, já ganhou este torneio antes, por isso estou muito feliz por seguir adiante depois de uma partida tão dura. Contra Sara será outra partida difícil, é uma grande lutadora", declarou a americana, visivelmente aliviada por ter vencido o duelo com uma rival que não deu pontos de graça.

Kuznetsova foi a primeira a ganhar um set de Williams no torneio. Antes desta partida, a americana tinha perdido apenas dez games.

Serena, dona de 15 títulos de Grand Slam busca seu segundo título em Roland Garros, após a conquista de 2002. Será sua 23ª final em torneios desta categoria, mas apenas a terceira em Paris.

Aos 30 anos, a americana vive um dos melhores momentos da sua carreira e não perde há 29 partidas, sua melhor série invicta desde que estreou no circuito profissional.

No segundo semestre do ano passado, ela conseguiu outra sequência incrível ao se sagrar campeã dos Grands Slam de Wimbledon e do US Open, além de ter conquistado a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres.

-Resultados desta terça-feira no Grand Slam de Roland Garros

David Ferrer (ESP/N.4) x Tommy Robredo (ESP/N.32) 6-2, 6-1, 6-1

Jo-Wilfried Tsonga (FRA/N.6) x Roger Federer (SUI/N.2) 7-5, 6-3, 6-3

Serena Williams (EUA/N.1) x Svetlana Kuznetsova (RUS) 6-1, 3-6, 6-3

Sara Errani (ITA/N.5) x Agnieszka Radwanska (POL/N.4) 6-4, 7-6 (8/6)

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade