0

Tênis

Feijão joga bem, mas perde de virada e é eliminado em Quito

Sebastião Moreira / EFE
5 fev 2016
08h03
atualizado às 09h39
  • separator
  • comentários

O brasileiro João Souza (154º do ranking mundial), o Feijão, perdeu para o espanhol Feliciano López (22º), cabeça de chave número 2, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/6(5) e 6/2, e está eliminado do ATP 250 de Quito. O brasileiro jogou bem e até venceu o primeiro set, mas acabou cedendo a virada ao experiente jogador de 34 anos.

No primeiro set, Feijão jogou muito bem. Logo no terceiro game da partida, Souza se impôs e conseguiu a quebra de saque, fazendo 2/1. Logo na sequência, o brasileiro precisou salvar um break point, mas teve sucesso, e abriu 3/1. Depois disso, ambos os tenistas conseguiram confirmar seus saques sem grandes dificuldades, e o 154º do ranking fechou o set em 6/4, em 39 minutos.

Na segunda parcial, o jogo foi extremamente equilibrado, com os dois jogadores mostrando muita qualidade no saque. Feijão venceu todos os 22 pontos em que acertou o primeiro saque, enquanto López venceu 18 de 20. Ao todo, o brasileiro perdeu apenas cinco pontos em seus games de serviço, e o espanhol somente três. Assim, sem quebras, a partida foi para o tie-break. No desempate, João Souza deixou de vencer apenas um ponto em seu saque, suficiente para o espanhol fechar em 7/6(5), empatando a partida.

Com a perda do segundo set, Feijão acabou desanimando, e sofreu duas quebras logo de cara, permitindo ao número 22 abrir 3/0, além de ter o saque. O brasileiro ainda teve três break points no game seguinte, mas López conseguiu salvar seu saque e fazer 4/0. Depois disso, Souza conseguiu confirmar seus serviços, mas, sem reagir nos games de saque do adversário, acabou perdendo por 6/2, em 33 minutos.

Nas quartas de final, Feliciano López enfrenta seu compatriota Albert Ramos-Vinolas (55º), cabeça de chave 7 do torneio. Com a eliminação de Feijão, Thomaz Bellucci (35º) é o único brasileiro vivo na chave de simples do ATP 250 de Quito. Nesta sexta, ele, que é o terceiro cabeça de chave da competição, entra em quadra, às 15 horas (de Brasília), para enfrentar o também espanhol Pablo Carreno Busta (67º), oitavo favorito.

Na chave de duplas, Bellucci também jogará nesta sexta, juntamente com o gaúcho Marcelo Demoliner. Eles enfrentam o eslovaco Andrej Martin e o chileno Hans Podlipnik-Castillo, sem horário definido. Nesta quinta, a dupla brasileira venceu os alemães Gero Kretschmer e Alexander Satschko por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/1 e 10/4.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade