1 evento ao vivo

Bruno Soares é campeão de duplas mistas no US Open

6 set 2012
14h49
atualizado em 7/9/2012 às 00h47

O brasileiro Bruno Soares e a russa Ekaterina Makarova conquistaram nesta quinta-feira o título das duplas mistas no US Open ao vencerem o polonês Marcin Matkowski e a checa Kveta Peschke por 2 sets a 1, parciais de 6/7, 6/1 e 12/10, em Nova York, no Arthur Ashe Stadium, quadra principal do torneio. A vitória representa a quebra de um jejum de 11 anos do tênis brasileiro, que não conquistava nenhum Grand Slam desde 2001, quando Gustavo Kuerten se sagrou tricampeão de Roland Garros.

» Veja fotos e vote na mais bela tenista do US Open

A vitória coroou a grande campanha de Soares e Makarova, que tiveram pela frente três duplas consideradas cabeças de chave - inclusive na final, contra a quarta melhor ranqueada - antes de levantarem o inédito título após um emocionante super tie-break. Antes da final, brasileiro e russa já tinham passado pelo desempate decisivo em duas ocasiões: oitavas e quartas-de-final.

O primeiro set esteve nas mãos da dupla do brasileiro, que conseguiu uma quebra de saque para abrir 6/5 na parcial. No game seguinte, com erros da companheira Ekaterina Makarova, Pschke/Matkoviski reverteu a quebra sem dificuldades e fechou o set no tie-break.

O set seguinte por pouco não foi o chamado "pneu" para Makarova/Soares. A dupla venceu cinco games seguidos e teve dois break points para fechar a parcial em 6/0, mas acabou permitindo que os adversários salvassem o seu serviço para fecharem no seguinte.

No super tie-break, a russa e o brasileiro chegaram a abrir 8/4, mas permitiram a reação de Pschke/Matkowski que tiveram um match point quando o placar marcava 9/8. Makarova/Soares não desistiu e reverteu a desvantagem para fechar a parcial final em 12/10.

Durante a premiação, o brasileiro comemorou o feito e agradeceu ao público presente no Arthur Ashe Stadium, sua família, esposa, além da equipe técnica russa e brasileira que deram suporte a Soares e Makarova.

"Era para ser", celebrou o tenista, que também disse que Makarova é uma "menina muito legal", esperando reeditar a dupla com ela no futuro. "Nós tentamos manter um pensamento positivo e jogar nosso jogo", explicou a russa também depois da sofrida vitória no terceiro super tie-break encarado na competição.

Antes, Makarova/Soares já haviam tido dificuldades para superar nas oitavas-de-final Bob Bryan e Kim Clijsters, naquela que seria a última partida da carreira da tenista belga, já eliminada então do torneio de simples feminino. No super tie-break, russa e brasileiro também avançaram por 12/10, se classificando para as quartas-de-final, onde tornaram a ter sucesso no terceiro set, por 10/7, contra o holandês Jean-Julien Rojer e a australiana Anastasia Rodionova.

Azarões em quase todas as partidas da competição, Bruno Soares e Ekaterina Makarova superaram Lisa Raymond e Mike Bryan, cabeças de chave número 2 da competição, logo na estreia. Nas semifinais, novo encontro contra favoritos: os checos Lucie Hradecka e Frantisek Cermak, sétima dupla melhor ranqueada antes do Grand Slam.

Com o resultado, Soares se tornou o quinto braslero a triunfar em um dos quatro Grand Slam, juntando-se a Maria Esther Bueno (campeã em simples, duplas e duplas mistas), Gustavo Kuerten (em simples), Thomaz Koch (em duplas mistas), e Tiago Fernandes (em simples juvenil). Koch conquistou o torneio de duplas mistas de Roland Garros em 1975 ao lado da italiana Fiorella Bonicelli.

Vitória quebrou jejum brasileiro de 11 anos sem vitórias em Grand Slams
Vitória quebrou jejum brasileiro de 11 anos sem vitórias em Grand Slams
Foto: AP
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade