0

Clijsters perde para inglesa, dá adeus nos EUA e se aposenta

29 ago 2012
19h49
atualizado em 30/8/2012 às 02h48

A belga Kim Clijsters se despediu nesta quarta-feira do circuito profissional do tênis feminino. Em confronto pela segunda rodada dos US Open 2012, a ex-número 1 do mundo e atual 25ª do ranking da WTA acabou superada pela inglesa Laura Robson, 18 anos, por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7-4) e 7/6 (7-5).

»Sexo, racismo e tabus; veja mudanças inesquecíveis do tênis

Aos 29 anos, a belga - que voltou ao circuito após se afastar para ter uma filha - prometeu parar definitivamente depois de sua participação na competição a qual venceu em 2005, 2009 e 2010. Clijsters, portanto, se aposenta sem nenhum título nesta temporada. O Aberto dos Estados Unidos é o último Grand Slam de 2012.

"Em 2005 aqui vivi um dos maiores sonhos que se tornou realidade, toda vez que estive aqui praticamente joguei inspirada, fiz as melhores partidas da carreira e sinto que aqui é o perfeito lugar para me aposentar, não havia dúvida que este deveria ser meu último torneio, só gostaria que não fosse hoje", disse a belga em entrevista à ESPN americana.

Se Clijsters se despede do esporte nesta quarta-feira, Robston ainda dá seus primeiros passos no tênis. A britânica tem apenas 18 anos e é a 89ª do mundo, mas demonstrou muito talento. A adversária teve uma quebra no primeiro set, mas desperdiçou o break point no fim da segunda etapa ao errar devolução.

Diante da incansável Robston, a belga ainda salvou dois match-points, com winner e ace, e conseguiu levar ao tie-break, mas a britânica mostrou bom serviço e conseguiu encurtar a carreira de Clijsters.

"Hoje dei tudo de mim, mas a adversária foi melhor. Desde que me retirei pela primeira vez (em 2007, retornando em 2009) foi uma aventura, criando uma família. Agora é olhar pra frente, lamento por ter que me retirar, mas é um novo estágio na minha vida", disse a agora ex-tenista.

A próxima rival de Laura Robson em Flushing Meadows será a chinesa Na Li, em confronto pela terceira rodada. Para se classificar, Li despachou a australiana Casey Dellacqua por 2 sets a 0, duplo 6/4.

Trajetória

A aposentadoria foi a segunda de Kim Clijsters, que deixou as quadras em maio de 2007 para retornar em agosto de 2009. Somando as duas carreiras, a belga - que atingiu o topo do ranking pela primeira vez em agosto de 2003 - conquistou 41 títulos.

Em Grand Slams, Clijsters foi campeã do Aberto da Austrália (2011) e tricampeã do US Open (2005, 2009 e 2010), além de ter ido à final de Roland Garros em 2001 e 2003. Apesar de jamais ter feito a final de simples em Wimbledon, conquistou o título de duplas no All England Club em 2003, ao lado da japonesa Ai Sugiyama.

Com informações Gazeta Esportiva

Laura Robson, 18 anos, aposentou ex-número 1 do mundo (foto) com 2 sets a 0
Laura Robson, 18 anos, aposentou ex-número 1 do mundo (foto) com 2 sets a 0
Foto: Getty Images
Fonte: Terra
publicidade