0

Em jejum de 1 ano em Grand Slam, Bellucci diz: "fiz um jogo muito ruim"

15 jan 2013
10h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Os Grand Slams têm-se mostrado um calvário para Thomaz Bellucci. Derrotado pelo esloveno Blaz Kavcic na madrugada desta terça-feira na primeira rodada do Aberto da Austrália, o brasileiro colecionou a quarta derrota seguida em estreias nos quatro maiores torneios do mundo.

Bellucci, número 32 do mundo, foi eliminado no Aberto da Austrália por Kavcic, o 93
Bellucci, número 32 do mundo, foi eliminado no Aberto da Austrália por Kavcic, o 93
Foto: EFE

» Confira 31 recordes da carreira de Federer

"Fiz um jogo muito ruim”, analisou Bellucci, número 32 do mundo, que perdeu para Kavcic, o 93, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/1 e 6/3, em duas horas de jogo. “Errei demais e não consegui em nenhum momento do jogo subir meu nível de jogo para tentar reverter o placar", completou.

A derrota aumentou a sequência negativa do brasileiro em Grand Slams. Ele não vence nesse nível desde o Aberto da Austrália de 2012, quando passou pelo israelense Dudi Sela na estreia antes de cair na segunda rodada, diante do francês Gael Monfils.

Dos 1.112 pontos que Bellucci tem atualmente no ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), apenas 75 vieram nos Grand Slams, em número que diminuirá para 40 com a derrota para Kavcic. No ano passado, o paulista caiu no primeiro jogo também em Roland Garros (contra o sérvio Viktor Troicki), em Wimbledon (contra o espanhol Rafael Nadal) e no Aberto dos Estados Unidos (contra o espanhol Pablo Andujar). O melhor resultado da carreira do jogador, 25 anos, nesse tipo de torneio veio na França em 2010, quando se despediu nas oitavas de final.

Bellucci, que era o cabeça-de-chave 29 do Aberto da Austrália, foi um dos cinco pré-classificados eliminados até aqui, juntando-se ao argentino Juan Mónaco, ao ucraniano Alexandr Dolgopolov, ao alemão Tommy Haas e ao eslovaco Martin Klizan.

O brasileiro tinha um retrospecto positivo de um jogo e uma vitória contra Kavcic, ocorrida no saibro por duplo 6/1 na primeira fase do ATP 250 de Gstaad de 2012; Bellucci venceria o torneio. O esloveno, 25 anos, tem os melhores resultados da carreira no piso lento, assim como o paulista, com sete títulos de challenger nessa superfície.

Antes de vencer Bellucci, Kavcic não ganhava uma partida de chave principal em torneios de primeiro escalão organizados sobre quadras duras desde o Aberto da Austrália do ano passado, quando passou pelo britânico James Ward antes de perder para o argentino Juan Martín del Potro. O esloveno chegou à sexta vitória na carreira em Grand Slams e enfrenta agora o australiano James Duckworth, 223º colocado do ranking – tem 11 derrotas. O brasileiro conheceu o 19º revés na carreira nas quatro maiores competições do tênis, tendo ainda 14 êxitos.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade