inclusão de arquivo javascript

Tênis

 
 

Nenhuma mulher reclama do rótulo de sexy, diz Ivanovic

13 de abril de 2010 07h51 atualizado às 08h53

Campeã de Roland Garros em 2008 e conhecida por suas belas curvas, a tenista sérvia Ana Ivanovic, 22, não se incomoda por ser rotulada como sexy. Pelo contrário, em entrevista ao jornal AS, a ex-número 1 do mundo disse que gosta de ser admirada.

» Veja o ensaio sensual de Ivanovic
» Berdych e Ferrero estreiam com vitória em Monte Carlo
» Romena vence e enfrenta Jankovic em Charleston
» Júlio Silva enfrenta esloveno; brasileiro pode pegar Massu
» Feijão desbanca favorito e conquista 1º challenger da carreira

À publicação, Ivanovic disse que acredita que nenhuma mulher se importaria em ser rotulada como sexy, mas deixou claro que seu trabalho está em primeiro lugar. A sérvia também contou que não lê os artigos que saem sobre ela pois é muito crítica consigo mesma.

Depois de conquistar Roland Garros em 2008 e subir ao posto número 1 do ranking do tênis feminino, 2009 é um ano a ser esquecido. Lesões e consequentemente maus resultados fizeram Ivanovic sair dos holofotes. Segundo a sérvia, as lesões tiraram a confiança em seu tênis. Ela também deu a receita para voltar a brilhar nas quadras: um pouco mais de consistência para reencontrar seu padrão de jogo.

A sérvia também contou que é difícil ter amigas no circuito, já que, no mundo do tênis, as mulheres são mais competitivas que os homens. Sobre a rival Serena Williams, Ivanovic disse que não é impossível vencê-la, mas difícil por ter um estilo de jogo diferente e poderoso. Henin e Clijsters também receberam elogios da tenista.

Por fim, Ivanovic disse que todas as crianças da Sérvia, hoje, tem uma raquete. O tênis virou febre no país por conta dela e de Novak Djokovic.

Redação Terra