0

Tênis

Murray controla Nadal em Madri e fatura 1º Masters no saibro

Juanjo Martin / EFE
10 mai 2015
15h50
atualizado às 16h24
  • separator
  • 0
  • comentários

O britânico Andy Murray frustrou a torcida espanhola e conquistou o título do Masters 1000 de Madri, neste domingo, derrotando o representante da casa Rafael Nadal. O escocês venceu a decisão por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, e garantiu o segundo troféu da carreira em quadra de saibro.

Mesmo no saibro, Murray não deu chance ao rival Nadal
Mesmo no saibro, Murray não deu chance ao rival Nadal
Foto: Daniel Ochoa de Olza / AP

Apesar de ser considerado um dos melhores tenistas da atual geração, Andy Murray não tinha nenhum título em torneios disputados em terra batida até a última segunda, quando foi campeão do ATP 250 de Munique. O britânico manteve o embalo e, neste domingo, comemorou um novo troféu, desta vez em um Masters 1000.

Na final, Murray derrotou justamente Nadal. Além de jogar em casa, o espanhol é considerado por muitos o melhor jogador de saibro da história. Em Roland Garros, único Grand Slam em quadras de terra batida, ele detém o recorde de nove títulos e o retrospecto de 66 vitórias e uma derrota.

Murray adotou postura mais agressiva do que o adversário no início do jogo e foi premiado. Nos primeiros games, Nadal estava inconstante, cometendo erros não forçados em trocas de bola do fundo da quadra, o que não costuma acontecer. O britânico aproveitou e conseguiu uma quebra de serviço já no segundo game.

Nadal não foi páreo para Andy Murray, mesmo no saibro
Nadal não foi páreo para Andy Murray, mesmo no saibro
Foto: Daniel Ochoa de Olza / AP

Nadal mudou o estilo de jogo ainda no meio do primeiro set e passou a buscar constantes subidas à rede para contrapor o eficiente fundo de quadra de Murray e tentar contagiar o público presente à quadra central na Caja Mágica. O britânico ficou mais incomodado, mas mesmo assim conseguiu fechar a parcial por 6/3, em 40 minutos.

Murray começou melhor também o segundo set e conseguiu uma quebra já no game inicial. Nadal tentava variações em busca de consistência, mas não a encontrou. Do fundo da quadra, o tenista visitante controlou o jogo e o ímpeto da torcida espanhola para comemorar o título com 6/2.

O tenista britânico já tinha no currículo o troféu do Masters 1000 de Madri de 2008, mas à época o torneio era disputado em quadras duras. A mudança para o saibro ocorreu no ano seguinte. Desde então, Rafael Nadal é o maior campeão, com três títulos em sete anos.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade