1 evento ao vivo

Por conta de lesão no joelho, Federer divulga mudanças em seu calendário

26 fev 2016
21h26
  • separator
  • 0
  • comentários

O suíço Roger Federer confirmou que não disputará o Masters 1000 de Indian Wells, que se inicia no dia 9 de março. O tenista, que se recupera de cirurgia no joelho, anunciou também que adicionou um torneio em seu calendário, para compensar a saída do torneio nos Estados Unidos: o Masters 1000 de Monte Carlo, que acontece em abril.

Leia mais:

De volta aos treinos, Federer agradece apoio dos fãs durante sua recuperação

Buffon vê Federer como inspiração: “Admiro muito sua força mental”

No texto em que divulga sua desistência de Indian Wells e a participação no torneio europeu, o número 3 do mundo explicou que o ano é longo, e portanto não pretende antecipar sua volta às quadras, com o risco de voltar a sentir problemas físicos. "Eu não quero forçar muito e voltar cedo demais, por isso anuncio minha retirada de Indian Wells. Mas pretendo disputar o torneio em 2017", garantiu o 17 vezes campeão de Grand Slams.

A programação inicial de Federer para 2016 previa que ele jogaria apenas um torneio no saibro: Roland Garros. Agora, terá a chance de vencer Monte Carlo, um dos poucos torneios importantes que o multicampeão nunca levou, apesar de ter chegado em quatro finais. Em 2015, ele caiu para o francês Gael Monfils, nas oitavas.

Um dos principais objetivos do suíço para o ano é conquistar, pela primeira vez, a medalha de ouro olímpica. Roger não esconde que tem muita vontade de vencer no Rio, que provavelmente será sua última participação nos Jogos. Seu melhor resultado em simples foi a prata, em 2012, perdendo a final para o britânico Andy Murray. Nas duplas, ao lado de Stan Wawrinka, o tenista levou o ouro em Pequim 2008.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade