3 eventos ao vivo

Soares e Murray atropelam dupla francesa e vão à final do Aberto da Austrália

28 jan 2016
00h00
  • separator
  • 0
  • comentários

O brasileiro Bruno Soares jogará a segunda final de Grand Slam da carreira no Aberto da Austrália. Na noite desta quarta-feira, ao lado do britânico Jamie Murray, Soares não teve problemas para vencer a dupla francesa Adrian Mannarino/Lucas Pouille em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/1.

Na grande final, marcada para o final de semana, Soares e Murray terão pela frente o vencedor do duelo entre Nestor/Stepanek e Cuevas/Granollers-Pujol. O britânico e o mineiro chegam com força depois de eliminarem os atuais campeões Fognini/Bolelli e os cabeças de chave 1 Rojer/Tecau.

O duelo semifinal desta quarta durou apenas 56 minutos e começou de maneira equilibrada. Tanto que, na primeira parcial, Mannarino e Pouille cederam apenas uma quebra de saque, e obrigaram Soares e Murray a suarem para manter a vantagem. No segundo set, o mineiro e o britânico não tiveram grandes problemas, contaram com três quebras de serviço e finalizaram os adversários.

Aos 33 anos, Bruno Soares terá a chance de conquistar o maior título da carreira depois de poucos meses de parceria com Jamie, irmão do número 2 do mundo nos simples Andy Murray. Os dois já levaram o título do ATP 250 de Sydney, no início deste ano.

A única vez que Soares chegou a uma final de Grand Slam foi no Aberto dos EUA de 2013, ao lado de Alexander Peya, com quem terminou a parceria em outubro do ano passado.Na ocasião, Soares e Peya perderam para Leander Paes/Radek Stepanek.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade