Tênis

publicidade
09 de dezembro de 2012 • 08h15 • atualizado às 15h34

Solteira, Azarenka elogia homens brasileiros: "são muito bonitos"

Tenista número um do mundo terminou relacionamento com Bubka
Foto: Bruno Santos / Terra
 

Henrique Moretti
Direto de São Paulo

Número 1 do mundo, Victoria Azarenka sorriu, dançou e venceu na primeira visita ao Brasil. Neste sábado, ela superou a americana Serena Williams no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, em partida na qual ambas as jogadoras foram alvos de muitos assobios dos fãs. Após chamar a atenção não somente pelo talento no tênis, a bielorrussa concedeu entrevista bem-humorada na qual opinou sobre a beleza dos homens brasileiros.

"Bem, não vi muito as opções. Tenho a mente bem aberta, acho que os homens do Brasil são muito bonitos. Quando estamos andando de carro, vejo algumas pessoas pela cidade", disse Azarenka. "Mas vocês têm de ser menos tímidos. Se vocês não podem me fazer uma pergunta, o que fazer?".

A brincadeira no fim da declaração foi motivada por quem questionou: a jornalista disse que todos os colegas - homens - queriam fazer essa pergunta, mas que nenhum tinha a coragem para fazê-la.

Embora tenha ressaltado que goste de manter a vida pessoal "à parte" na hora de conceder entrevistas, Azarenka, 23 anos, divulgou que está solteira. O assunto veio à tona quando ela foi questionada sobre a recuperação do tenista ucraniano Sergei Bubka, que em 1º de novembro teve fraturas múltiplas após cair do terceiro andar de um prédio em Paris.

"Eu fui vê-lo, ele está se sentindo melhor agora e espero que possa voltar para o circuito em breve", disse a bielorrussa, que não divulgou quando o namoro com Bubka terminou.

Em 5 de novembro ela escreveu no Twitter que havia ido à capital francesa para ver o ucraniano após o acidente. "Ele está se curando bem. Obrigado a vocês por todas as mensagens", publicou, na ocasião.

No último dia 28, o site da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) veiculou uma nota destacando que Bubka já era quase capaz de caminhar normalmente e passava por "seis horas diárias" de fisioterapia. O atleta, 25 anos e número 186 do mundo, disse que não se lembrava da queda.

O acidente de circunstâncias misteriosas ocorreu quando ele estava no apartamento de um amigo e ficou trancado no banheiro. Para deixar o cômodo, o agora ex-namorado de Azarenka optou por sair pela janela e caiu, tendo de se submeter a uma cirurgia de nove horas de duração. Ele é filho de Sergei Bubka, 49 anos, campeão olímpico em Seul 1988 e responsável por quebrar o recorde mundial do salto com vara por 35 vezes na carreira.

Terra