0

Wawrinka vence Muller e está na final em Tóquio; Anfitrião, Nishikori cai

10 out 2015
14h20
  • separator
  • comentários

Stan Wawrinka chegou a sua quarta final no ano neste sábado, após vencer o luxemburguês Gilles Muller, em partida válida pela semifinal do ATP 500 de Tóquio. O tenista teve poucas dificuldades para a vitória, que se deu por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7-5).

No primeiro set, tranquilidade para Wawrinka. Após muito equilíbrio, sem nenhuma chance de quebra para ambos os lados, o suíço conseguiu efetuar o break no sétimo game, após Muller salvar dois break points. Assim, ficou fácil para o número 4 do mundo administrar a vantagem e fechar a parcial em 6-4.

A mesma facilidade não foi vista no segundo set. Wawrinka conseguiu a quebra logo no terceiro game, mas Muller devolveu em seguida, deixando tudo igual em 2 a 2. Depois, o suíço quebrou o luxemburguês novamente, no nono game, mas sofreu nova devolução e empate na parcial. Assim, o tie-break foi inevitável.

No desempate, equilíbrio total. Os dois confirmaram todos os serviços, com Wawrinka efetuando apenas um mini-break crucial, quando o game estava em 6-5. Com o ponto, ele fechou a parcial em 7-6, e consequentemente, a partida.

Agora, ele enfrentará o francês Benoit Paire, que derrotou o anfitrião Kei Nishikori, por 2 sets a 1, parciais de 1/6, 6/4 e 6/2. A partida era uma possível revanche do japonês sobre Paire, após a eliminação na primeira rodada do Aberto dos Estados Unidos.

"Kei estava jogando incrivelmente bem no primeiro set. Não pude fazer nada, ele não errou. Ele não estava perdendo pontos e acertava todas as bolas na linha. A única coisa que pude fazer foi me manter focado e tentar segurar meus saques. Fazendo isso, comecei a construir minha confiança. Acredito que ele sentiu a pressão, e no terceiro set, foi diferente. Eu estava jogando e sacando muito bem e agressivamente, então acho que estava melhor no terceiro set", explicou Paire.

O francês agora disputará sua quarta final na carreira. A final entre Paire e Wawrinka será neste domingo, à 1h da manhã (horário de Brasília).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade