0

Wilander bate Leconte em reedição de final de Roland Garros

18 dez 2012
23h55
atualizado em 19/12/2012 às 00h18

Finalistas da edição de 1988 do torneio de Roland Garros, o sueco Mats Wilander e o francês Henri Leconte voltaram a se enfrentar na noite desta terça-feira. Jogando no Rio de Janeiro, os dois se reencontraram pelo Grand Champions Rio e o tenista escandinavo novamente levou a melhor ao vencer por 2 sets a 0, vitória construída com um duplo 6/3.

Entre 6 e 9 de dezembro, o Gillette Federer Tour agitou os fãs de tênis de São Paulo e do Brasil, trazendo ao País nomes como Roger Federer, Maria Sharapova, Jo-Wilfried Tsonga, Victoria Azarenka, Serena Williams e Caroline Wozniacki (na foto, imitando Serena com enchimentos dentro do uniforme). Confira imagens exclusivas do Terra do que aconteceu de principal no evento:
Entre 6 e 9 de dezembro, o Gillette Federer Tour agitou os fãs de tênis de São Paulo e do Brasil, trazendo ao País nomes como Roger Federer, Maria Sharapova, Jo-Wilfried Tsonga, Victoria Azarenka, Serena Williams e Caroline Wozniacki (na foto, imitando Serena com enchimentos dentro do uniforme). Confira imagens exclusivas do Terra do que aconteceu de principal no evento:
Foto: Bruno Santos / Terra

» Confira 31 recordes da carreira de Federer

Apesar do apreço da torcida com o bem-humorado Leconte, Wilander logo mostrou que não esqueceu os atalhos da quadra e, enquanto o francês divertia as arquibancadas com guarda-chuva e uma encenação em slow-motion de um saque, o sueco faturou o primeiro set com um 6/3.

Mais concentrado, Leconte tentou correr atrás do prejuízo no segundo set, mas Wilander não deu chances ao rival histórico e repetiu o 6/3 para sacramentar a vitória por 2 sets a 0. Satisfeito com a vitória, o escandinavo exaltou ainda mais o espetáculo proporcionado aos torcedores:"É bom quando conseguimos jogar bem e o público se diverte. Às vezes é difícil encontrar esse equilíbrio, mas o Henri é um showman."

Outro francês a entrar em quadra nesta terça-feira foi Fabrice Santoro. Estreante, assim como Wilander, o tenista bateu o sul-africano Wayne Ferreira por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5. "Ganhei o primeiro set com certa facilidade, mas Wayne começou a jogar cada vez melhor e teve uma chance real de vencer. No tênis é sempre um ponto lá e outro aqui, então qualquer erro faz a diferença. Tive sorte de vencer", analisou Santoro.

Nesta quarta-feira, Wilander volta à quadra em Copacabana para encarar o também sueco Thomas Enqvist, em duelo decisivo para a liderança do grupo B. Já Santoro encara o brasileiro Marcos Daniel, enquanto Leconte e Wayne Ferreira já estão eliminados. Tanto a final como a disputa pelo terceiro lugar estão agendadas para a próxima quinta-feira.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade