0

Wimbledon retorna nesta segunda com Djokovic e Serena favoritos ao título

30 jun 2013
18h04
atualizado às 18h07

O Grand Slam de Wimbledon, o mais tradicional torneio de tênis, teve um dia de folga neste domingo. Paralisado nas oitavas de final, as disputas em Londres retornarão nesta segunda-feira, com os favoritos Novak Djokovic, no masculino, e Serena Williams, no feminino, seguindo caminho em busca de mais um título na grama.

O líder do ranking Djokovic enfrentará seu primeiro grande desafio no torneio nesta segunda, por volta das 12h30 (de Brasília). O sérvio vai duelar com o alemão Tommy Haas (13º). Os dois já travaram duelos interessantes este ano, como as oitavas de final do Masters 1.000 de Miami (vitória de Haas) e as quartas de final de Roland Garros (vitória de Djokovic).

Se avançar, o sérvio pode enfrentar o perigoso tenista Tomas Berdych (6º), que luta por uma vaga nas quartas contra o australiano Bernard Tomic. Ainda na chave de Nole, David Ferrer (4º) vai lutar por vaga nas quartas contra o croata Ivan Dodig. Quem avançar cruza com o vencedor do duelo entre o argentino Del Potro (8º) e o polonês Jerzy Janowicz.

Na outra chave, o principal candidato a "roubar" o título de Djokovic, o britânico Andy Murray (2º) vai jogar por volta das 10h30 (de Brasília) contra o russo Mikhail Youhzny, valendo vaga nas quartas. Quem avançar enfrenta o vencedor do duelo entre o espanhol Verdasco e o francês De Schepper.

Murray corre atrás do sonho de ser o primeiro tenista local campeão em Wimbledon desde 1936, quando Fred Perry triunfou por lá. O Grand Slam inglês só não terá um campeão inédito este ano em caso de Novak Djokovic conseguir mais um tíitulo - ele venceu em 2011. Vale lembrar que os favoritos Rafael Nadal e Roger Federer foram eliminados na primeira e segunda rodada, respectivamente.

Esperança local Laura Robson e favorita Serena Williams jogam nesta segunda

Serena Williams será a primeira a adentrar a quadra central de Wimbledon nesta segunda. por volta das 9h (de Brasília), a americana vai jogar contra a alemã Sabine Lisicki. Se avançar, a líder do ranking pode enfrentar a esperança local Laura Robson, de 19 anos e 38ª do ranking, que jogará contra Kaia Kanepi no mesmo horário, na quadra 1.

Laura Robson já se credenciou como melhor tenista da Grã-Bretanha e neste sábado se tornou a primeira britânica nas oitavas de final de Wimbledon desde 1998. Ela segue com o sonho de ser a primeira local campeã desde 1977 vivo.

Restam apenas outras três tenistas do top 10 feminino em Wimbledon. São elas a chinesa Na Li (6ª), a tcheca Petra Kivitova (8ª) e a polonesa Agnieska Radwanska (4ª), que lutarão por vaga nas quartas nesta segunda-feira. Maria Sharapova (3ª) e Victoria Azarenka (2ª) ficaram pelo caminho mais cedo.

Laura Robson mantém vivo o sonho de ser a primeira local campeã desde 1977 (Foto: AFP)Dois brasileiro em quadra nas duplas

Pelas oitavas de final da chave de duplas, dois brasileiros vão jogar. Logo às 7h30 (de Brasília), Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya vão enfrentar o indiano Rohan Bopanna e o francês Roger-Vasselin, valendo vaga nas quartas do torneio.

O também brazuca Marcelo Melo jogará mais tarde, ao lado do croata Ivan Dodig, que também jogará na chave individual nesta segunda. Eles enfrentarão o bielorusso Max Mirnyi e o romeno Horia Tecau.

Favoritos ao título em Londres, os irmãos americanos Bob e Mike Bryan também entrarão em quadra pelas oitavas de final em jogo contra o filipino Treat Huey e o britânico Dominic Inglot. Eles podem reencontrar Soares e Peya nas semis - eliminaram a dupla do brazuca na mesma fase em Roland Garros.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade