0
WTA

Azarenka mantém bate-boca com Radwanska: "estou rindo alto"

24 fev 2012
19h04
atualizado às 19h49
  • separator

Por meio do Twitter, Victoria Azarenka desdenhou da polonesa Agnieszka Radwanska, que afirmou na quinta-feira, em entrevista coletiva, ter perdido o respeito que nutria pela atual número um do mundo. "Estou rindo alto. É tudo o que posso dizer sobre isso. Essa história está ficando cada vez mais engraçada", postou a bielorrussa no microblog.

O comentário foi uma resposta as palavras de Radwanska, número seis do mundo, que depois de vencer Sabine Lisicki pelo WTA de Dubai acusou Azarenka de ter fingindo uma contusão durante a semifinal em Doha (disputado na semana passada).

"Eu não acho que essa seja uma boa imagem para o tênis feminino", disse a polonesa, se referindo ao suposto fingimento. "Para ser honesta, acho que nem valeria comentar, mas ela perdeu meu respeito. É isso". A entrevista de Radwanska foi o terceiro capítulo do desentendimento entre as duas.

Entenda a confusão em Doha
Na semifinal do WTA de Doha, Victoria Azarenka pediu atendimento médico no meio do segundo set, para depois fechar sem problemas a partida, com parciais de 6/2 e 6/4.

Revoltada com o suposto fingimento, Radwanska, ao cumprimentar Azarenka na rede, se negou a olhar nos olhos e virou a cara para a bielorrussa, que poucas semanas antes era uma das melhores amigas dela no circuito.

Confusão no Aberto da Austrália
Essa não foi a primeira vez que Radwanska se desentendeu com rivais. Semanas antes, ela havia criticado o excesso de gritos de jogadoras como a russa Maria Sharapova e Victoria Azarenka, depois de ser derrotada pela mesma nas quartas de final do Aberto da Austrália.

Em entrevistas depois daquela partida, a polonesa descreveu os gritos altos do tênis atual como "muito altos" e "extremamente irritantes".

Questionada nesta quinta pela imprensa novamente sobre os tais gritos "irritantes", Radwanska voltou a criticar as rivais. "Claro que todos podem fazer barulho. Isso é tênis. Mas eu acho que ela exagera um pouco. Não é necessário gritar tão alto. Então, se a WTA quiser fazer algo contra... Por que não?", sugeriu.

À parte as confusões, Azarenka vive o melhor momento da carreira. A atual número um do mundo faz temporada perfeita, com 17 vitórias, nenhuma derrota e três títulos. Radwanska também vive bom momento. Depois de derrotar nesta sexta Jelena Jankovic, parciais de 6/2, 2/6 e 6/0, ela está classificada para a final do WTA de Dubai contra a alemã Julia Goerges.

Azarenka e Radwanska se cumprimentam depois da semifinal do WTA de Doha
Azarenka e Radwanska se cumprimentam depois da semifinal do WTA de Doha
Foto: Reuters

Veja também:

Estudo mostra os clubes que mais faturaram grana da TV de 2010 a 2019
Fonte: Terra
publicidade