0

Com gol de bicicleta, Chapecoense bate Vasco e Roth perde 1ª

4 jul 2015
23h19
atualizado às 23h55
  • separator
  • 0
  • comentários

A arrancada do Vasco se limitou a duas vitórias consecutivas neste Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, na fria Arena Condá, o time carioca teve dois jogadores expulsos, atuando durante todo o segundo tempo em inferioridade numérica, e foi vítima de um golaço de bicicleta do zagueiro Neto, que definiu a vitória por 1 a 0 da Chapecoense. Esta foi a primeira derrota do técnico Celso Roth desde que assumiu o clube cruzmaltino. Veja como foi a partida minuto a minuto.

Chapecoense comemora golaço de Neto
Chapecoense comemora golaço de Neto
Foto: Jardel da Costa / Futura Press

O Vasco entrou em campo disposto a preencher o meio-campo para acionar um de seus dois meias, aproveitando a movimentação de Riascos e com Gilberto como referência. Mas o plano de Roth não saiu da teoria. Do outro lado estava um adversário que soube abrir espaços para criar oportunidades.

A equipe catarinense foi quem mais buscou o gol e criou chances desde o início. O Vasco se limitava a defender, sem mostrar qualidade para atacar. Apesar da ousadia dos donos da casa, a etapa inicial terminou com o placar inalterado. Na volta do intervalo, Roth tentou ganhar movimentação ao trocar Emanuel Biancucchi por Jhon Cley, mas teve a ideia prejudicada logo no primeiro minuto de segundo tempo.

Roth sofreu primeiro revés no comando do Vasco
Roth sofreu primeiro revés no comando do Vasco
Foto: Jardel da Costa / Futura Press

Christiano cometeu falta em Camilo, que sairia na cara do gol, e acabou expulso. A equipe carioca ainda teve como trunfo a ansiedade da Chapecoense, da qual foi vítima ao tentar aproveitar a superioridade numérica. O time catarinense só apostava em cruzamentos até que o técnico Vinicius Eutrópio trocou volantes por jogadores ofensivos, disposto a ganhar o campo adversário, já que o Vasco só se defendia.

Entretanto, foi com uma bola alçada na área que a equipe catarinense abriu o placar, e com um golaço. Camilo cobrou falta e o zagueiro Neto dominou com a esquerda antes de acertar uma bicicleta precisa com a direita, aos 29min. Na frente no marcador, o time da casa teve ainda mais tranquilidade a partir dos 35min, quando Jhon Cley se juntou a Christiano no chuveiro ao também receber o vermelho.

Time carioca foi dominado pelos catarinenses
Time carioca foi dominado pelos catarinenses
Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br/Divulgação

Estacionado nos nove pontos, o Vasco perdeu a primeira nesta passagem do técnico Celso Roth e termina o sábado na antepenúltima colocação. Tenta se recuperar às 22h (de Brasília) de quarta, diante do São Paulo, em jogo no qual será mandante no Mané Garrincha, em Brasília (DF). A Chapecoense chega a 16 pontos, momentaneamente em oitavo lugar, e recebe o Grêmio às 19h30 de quarta.

GOL

Chapecoenseacf-oChapecoense1
0Vasco da GamaVasco da Gamacrvg

  • Neto 29 ' (2T)
    2015-07-05 00:00 GMT-000 (D) FinalizadoArena Condá

    Chapecoense 1 x 0 Vasco - 29min do segundo tempo
    Em cobrança de falta, Camilo colocou a bola na área carioca. O zagueiro Neto dominou, descolou uma bicicleta e marcou um golaço na Arena Condá.

    FICHA TÉCNICA - CHAPECOENSE 1 X 0 VASCO

    Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
    Data: 4 de julho de 2015, sábado
    Horário: 21 horas (de Brasília)
    Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
    Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Márcio Eustáquio Santiago (MG)
    Cartões amarelos: Bruno Rangel (Chapecoense); Guiñazu (Vasco)
    Cartões vermelhos: Christiano e Jhon Cley (Vasco)

    Gol:
    CHAPECOENSE: Neto, aos 29 minutos do segundo tempo

    CHAPECOENSE: Danilo; Apodi, Rafael Lima, Neto e Dener; Bruno Silva (Maranhão), Elicarlos (Wagner), Cleber Santana, Hyoran (Roger) e Camilo; Bruno Rangel. Técnico: Vinícius Eutrópio

    VASCO: Charles; Madson, Aislan, Anderson Salles e Christiano; Guiñazu, Serginho, Emanuel Biancucchi (Jhon Cley) e Julio Cesar; Riascos (Thalles) e Gilberto (Lucas). Técnico: Celso Roth

    Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
    • separator
    • 0
    • comentários
    publicidade